O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta terça que os bancos terão de seguir o exemplo da Caixa Econômica Federal e reduzir os juros das suas linhas de crédito.

A afirmação foi feita em cerimônia de lançamento de linhas de crédito imobiliário com atualização pelo IPCA, no Palácio do Planalto.

O presidente destacou que a Caixa reduziu, há poucas semanas, em até 40% os juros do cheque especial. “Com certeza, outros bancos vão ter de ir no mesmo caminho”, disse.

“Não vai ser uma imposição. Ou eles vão atrás, ou o número de clientes da Caixa vai aumentar e muito”, acrescentou.

No último dia 31 de julho, a Caixa anunciou cortes nas taxas de juros de suas principais linhas de crédito, tanto para empresas como para pessoas físicas.

A declaração do presidente é referente a redução de juros que se aplica a um novo pacote de serviços, chamado “Caixa Sim”, com corte de até 40% nos juros.

No cheque especial, a redução para pessoas físicas na taxa cobrada pela Caixa foi de 26% e, para pessoas jurídicas, de 33%.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram

Facebook Messenger