Santa Catarina registrou saldo de 16,3 mil vagas com carteira assinada, atrás somente de São Paulo, que gerou 30 mil novos postos de trabalho, em fevereiro. Ao todo, foram 99,7 mil contratações contra 83,3 mil demissões. No Estado, a área que mais gerou empregos foi da indústria da transformação, com saldo de 12.041, melhor resultado do país. Os municípios que apresentaram melhores resultados são Blumenau, com 2.020 novas vagas; seguido de Joinville, com 1.673; Jaraguá do Sul, com 1.362; e Brusque, com 1.313 postos de trabalho. Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados pelo Ministério do Trabalho. No Brasil, em fevereiro, foram criados 61.188 postos de trabalho. “Nós geramos, nestes primeiros meses do ano, 33.692 novas vagas com carteira assinada. São mais de 33 mil catarinenses que conseguiram emprego. Isso é extremamente importante para a qualidade de vida e para o equilíbrio social”, avalia o governador Eduardo Pinho Moreira.