SC tem 12 finalistas no Prêmio Nacional de Inovação

Divulgação/Fiesc

Por: Pedro Leal

06/09/2023 - 14:09 - Atualizada em: 06/09/2023 - 14:17

Santa Catarina tem 12 finalistas no Prêmio Nacional de Inovação, ficando atrás apenas de São Paulo (16) na classificação entre os estados. A lista dos 56 finalistas foi divulgada nesta quinta (6) e inclui concorrentes nas categorias empresas, pesquisadores e ecossistemas de inovação.

O prêmio é promovido pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), em parceria com o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e busca reconhecer as melhores práticas de inovação do país. No total, foram recebidas 3.005 inscrições de todas as unidades da federação, o maior número desde 2017.

Finalistas catarinenses no 8o Prêmio Nacional de Inovação

Empresas*

  • Nanoativa
  • Nanoscoping
  • Christal
  • Kemia Tratamento de Efluentes
  • Nanovetores
  • Tupy

Pesquisadores inovadores

Letícia Mazzarino

Ecossistemas de Inovação

Ecossistema de inovação de Florianópolis

* Algumas empresas são finalistas em mais de uma subcategoria.

Prêmio Nacional de Inovação

Os vencedores do prêmio serão contemplados com uma imersão nacional em ecossistema de inovação, um curso de educação executiva do Serviço Nacional de Aprendizagem (SENAI) e um curso em Saúde e Segurança no Trabalho do Serviço Social da Indústria (SESI). O anúncio será realizado no dia 26 de setembro, no São Paulo Expo, na capital paulista.

A premiação é voltada para a indústria, com exceção dos pequenos negócios, que podem ser do setor industrial, de comércio, de serviço ou agronegócio, aos Ecossistemas de Inovação e aos Pesquisadores Inovadores. A premiação não avalia projetos isolados e, sim, a capacidade de inovação das empresas e ecossistemas. A novidade desta edição foi a inclusão da categoria Pesquisador Inovador, que destaca indivíduos com esforços relevantes em pesquisa, desenvolvimento e inovação (PD&I).

O prêmio é uma iniciativa da Mobilização Empresarial pela Inovação (MEI), com correalização do Serviço Social da Indústria (SESI), do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) e do Instituto Euvaldo Lodi (IEL), e tem patrocínio da Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP).