Santa Catarina recebe mais de 2 milhões de reais para o combate contra a gripe aviária

Foto: Cristiano Estrela / Arquivo / Secom

Por: Pedro Leal

07/11/2023 - 14:11

O Ministério da Agricultura e Pecuária (MAPA) destinou mais de R$ 2 milhões para a Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (CIDASC) realizar ações de prevenção e controle da influenza aviária H5N1 em território estadual. O convênio foi assinado ontem (31/10/2023) por representantes dos dois entes públicos, em conjunto com o Governador de Santa Catarina.

O representante do Ministério da Agricultura em Santa Catarina, Superintendente Fúlvio Brasil Rosar Neto, destacou a importância do convênio para fortalecer a defesa agropecuária do estado, que é um dos maiores produtores e exportadores de carne de frango do Brasil.

“Esse valor é fundamental para o enfrentamento da gripe aviária em nosso estado, haja vista a pujança do setor, sendo um dos maiores exportadores do país”.
Segundo o Ministro Carlos Fávaro, o MAPA está monitorando os casos da doença no país e no exterior e tem adotado medidas preventivas para evitar a entrada do vírus em granjas comerciais.

“Devido o trabalho em conjunto desenvolvido pelo Mapa e Cidasc, conseguimos ter êxito. Até o presente momento não tivemos gripe aviaria em estabelecimentos comerciais, somente em aves de subsistência”, explica Rosar Neto.

A gripe aviária é uma doença viral que afeta as aves domésticas e silvestres e que pode ser transmitida para maníferos, incluindo os seres humanos. O vírus H5N1 é uma das variações mais perigosas da gripe aviária e tem alta taxa de mortalidade.