Estudo da Confederação Nacional da Indústria (CNI) mostra que o estado de Santa Catarina ultrapassou São Paulo no setor de Vestuário e acessórios, tornando-se o maior produtor do Brasil. A produção industrial catarinense no segmento passou a representar 26,8% do total nacional, superando a produção de São Paulo, que corresponde a 22,5%.

O estudo comparou os biênios 2007-2008 e 2017-2018 e mostra que, em uma década, houve uma importante mudança na produção industrial brasileira, com redução da participação da região Sudeste no PIB industrial e um aumento na participação das demais regiões geográficas, Sul, Centro-Oeste, Nordeste e Norte.

Conforme os dados da CNI, São Paulo perdeu 5,5 pontos percentuais de participação na produção manufatureira do Brasil, a maior queda entre os 26 estados e o Distrito Federal. O Rio Janeiro registrou o segundo pior desempenho, com recuo de 1,1 ponto percentual.

Para o presidente do Sintex - Sindicato das Indústrias de Fiação, Tecelagem e do Vestuário, José Altino Comper, a liderança de Santa Catarina no setor de Vestuário é uma importante conquista.

“A indústria do vestuário catarinense sempre foi percebida como uma marca de qualidade e mais recentemente também assumiu a produção com informação de moda. Mas, para continuar na liderança, precisamos de atenção às questões tributárias, para nos manter em condições de igualdade com demais produtores nacionais, e à infraestrutura do estado, que ainda nos deixa em posição de desvantagem”, destaca.

Receba as notícias de Blumenau e região pelo WhatsApp clicando aqui.