Seis equipes catarinenses classificadas para a etapa nacional do torneio de robótica da First Lego League (FLL) : A Agrorobots, de Concórdia, conquistou o primeiro lugar, seguida da equipe Os Aliemons (Timbó) e da Carvoeiros Robots (Criciúma).

Além das três, as equipes Techmaker (Blumenau), Tecnorob Evolution (Brusque) e Little Builders (Rio do Sul) também garantiram vaga na etapa nacional.

Os classificados foram conhecidos neste sábado (8), no encerramento da fase regional da competição, realizada no SESI em Jaraguá do Sul, que reuniu 200 estudantes de todas as regiões do estado.

Além dos classificados para a FLL, duas equipes de Jaraguá do Sul foram premiadas no evento: A XT100Fast Robots, da escola SESI SENAI de Jaraguá do Sul, pelo trabalho em equipe, e a J4R4, de alunos da rede municipal de Jaraguá do Sul, que ganhou prêmio Inspiração.

“Temos um projeto, o Jaraguá Mais Saudável, que busca tornar a cidade mais produtiva, e vários projetos mostrados aqui estão alinhados a essa ideia, com aplicação factível. Com certeza estaremos bem representados na etapa nacional com as equipes classificadas”, destacou o gerente-executivo de SESI e SENAI na região, Jefferson Galdino.

A analista de desenvolvimento industrial do departamento nacional do SESI, Izabel Cristina Alves de Sousa, comentou a importância do evento, que desafia escolas a repensarem a atualizarem seus currículos.

“Esse aprendizado todo, conquistado no torneio, fica para vida. Carreguem com vocês”, disse.

Os estudantes são avaliados em quatro categorias. Uma delas é o Desafio do Robô, quando os estudantes colocam os robôs de Lego para cumprir determinadas missões. Para isso, o robô pode capturar, transportar, ativar ou entregar objetos na mesa de competição.

Os robôs, projetados e construídos pelos próprios alunos, também são avaliados na categoria Design do Robô. Os times podem utilizar sensores de movimento, cor, controladores e motores.

Os juízes levam tudo isso em consideração, além da estratégia e programação.

Outra avaliação importante é o Projeto de Inovação. É quando os estudantes apresentam uma solução inovadora sobre o desafio da temporada.

O projeto é apresentado para os outros competidores e o público visitante nos torneios de robótica, e será avaliado pelos juízes. Por fim, na categoria Core Values os estudantes precisam mostrar que sabem trabalhar em equipe, com inclusão, diversão e inovação.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul