A Bold, de Jaraguá do Sul, obteve aprovação nos testes de bancada do seu respirador T-20, um modelo de médio porte para uso emergencial, desenvolvido em resposta a pandemia do Coronavírus Covid-19.

A empresa projeta a fabricação de até 400 ventiladores pulmonares por dia para combater a pandemia. Agora, com aprovação nos testes de bancada, falta apenas a aprovação da Anvisa para a distribuição.

"Na tarde do sábado (25), sob a coordenação do Dr. Thales Baggio e com ajuda dos demais membros da equipe de plantão do CTI do Hospital e Maternidade Jaraguá, cumprimos uma etapa importante no lançamento do Ventilado Pulmonar Bold T-20: o teste clínico em paciente sob terapia intensiva", explica o coordenador comercial da Bold, Reimar Sebold.

Segundo o empresário, o trabalho em equipe foi fundamental para o desenvolvimento do equipamento.

"Após uma semana intensa de trabalho da equipe de Bolders e dos nossos parceiros no projeto, como a Solutron e o próprio Dr. Thales Baggio, que de modo voluntário vem nos auxiliando e instruindo, alcançamos esta semana todos os testes de bancada para a linha T-20 e hoje os testes clínicos", adicona.

De acordo com Sebold, grande parte dos modelos em desenvolvimento emergencial são modelos para uso rápido, voltados para transporte de pacientes ou internações de curto prazo.

Embora seja voltado para estes casos, o T-20 é um ventilador portátil que pode ser usado em internações mais longas, de 10 a 15 dias.

Operando na bateria, o aparelho tem uso de mais de 6 horas - ideal para transporte de pacientes - podendo operar por mais tempo ligado na corrente elétrica.

A linha T-20 de Ventiladores Pulmonares foi criada seguindo todas diretivas publicadas pelo MHRA (Medicines and Healthcare products Regulatory Agency – UK) e pela OMS para fabricação de Ventiladores Rápidos low cost para aplicação em pronto atendimento, atendimento de massa e transporte, as maiores demandas no combate à pandemia de COVID-19.

"Nossos laudos de bancada foram emitidos pelo reconhecido laboratório LABELO, subsidiado da PUC-RS e agora, com testes cínicos e relatórios médicos prontos e aprovados, somente dependemos da liberação da ANVISA para podermos iniciar a fabricação e fornecimento", completa.

Os respiradores poderão ser adquiridos para aplicação no combate imediato à pandemia de COVID-19 e prova clínica, pelos estados, hospitais e prefeituras que necessitarem.

Para conhecer mais sobre o T-20 clique e acesse a página do produto.

 

Quer mais notícias do Coronavírus COVID-19 no seu celular?

Mais notícias você encontra na área especial sobre o tema:

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul