Com mais de 50,2 milhões de visualizações, a Rede OCP de Comunicação registrou um crescimento de 17% na audiência ao longo de 2020.

Se consolidando como uma fonte de conteúdo no universo digital, o portal contabilizou mais de 11,2 milhões de usuários, um crescimento de quase 27% frente a 2019.

O portal OCP News vem registrando ano a ano o aumento de visualizações e alcance das publicações produzidas pela equipe de jornalismo.

A busca por informações seguras e confiáveis diante da pandemia de Covid-19 levou a picos de acessos ao site em 2020.

No mês de março, quando os primeiros casos chegaram a Santa Catarina, o portal bateu recorde de audiência com 6,7 milhões de acessos, um aumento de 44% em relação ao mês anterior e de 70% em relação a março de 2019.

A pandemia afetou todas as áreas da sociedade e levou o tema a ser foco na redação, trazendo um olhar panorâmico sobre o cenário.

Além dos boletins com infográficos sobre o número de casos para manter a população informada, foram destacadas informações para promover a orientação.

O objetivo principal foi manter os leitores bem informados, ouvindo médicos especialistas, equipes hospitalares e autoridades de saúde para produção de conteúdo de qualidade, reforça o presidente da Rede OCP de Comunicação, Walter Janssen Neto.

“Nos posicionamos firmemente no sentido da necessidade do distanciamento social e os cuidados individuais para se evitar a sobrecarga do sistema de saúde, sem perder o foco no apoio às liberalidades possíveis para que a economia local também não entrasse em colapso”, comenta Janssen Neto.

“Acima de tudo, procuramos informar nossa audiência com os reais fatos, sem sensacionalismos”.

Foto Arquivo OCP News

Entre as seis notícias mais visualizadas do ano, três estão relacionadas ao tema.

Foram conteúdos que ultrapassaram as fronteiras locais, sendo acessados em todo país - como é o caso da matéria abordando o tempo de permanência do coronavírus no corpo, que está entre os primeiros resultados quando o tema é procurado em ferramentas de pesquisa.

Como complementa o chefe de redação Misael Freitas, o foco na comunidade também levou à produção de conteúdos cativantes, que se aproximavam do dia a dia dos leitores do OCP.

“Falamos de bons exemplos e conscientização. Fizemos isso através da histórias das pessoas, falando sobre como passaram pela doença, sobre como estavam lidando com a pandemia. A gente tentou abordar de maneiras mais diversas, tentando ter esse enfoque construtivo”, reforça Freitas.

Uma das estratégias, conforme relembra o diretor de marketing Max Pires, foi a criação da área “Boas Notícias”. Entendendo o momento de dificuldade para todos, a pauta foi reforçar a coletividade, sentimentos de positividade e esperança.

Diversidade de conteúdo

Entre as matérias mais lidas do ano, três trazem conteúdos relacionados ao coronavírus. Duas delas foram técnicas e atemporais, trazendo informações sobre a permanência do vírus no corpo e nas roupas.

A terceira é uma notícia veiculada em março, anunciando que seria prolongada a quarentena decretada diante do surgimento dos primeiros casos em Santa Catarina.

No entanto, o ranking também conta com conteúdos diversos. A mais visualizada foi um tutorial sobre como ver um tigre em 3D na tela do celular.

“Esse conteúdo pode até parecer banal à primeira vista, mas foi muito relevante nesse momento de pandemia, com as pessoas em casa buscando diferentes formas de entretenimento e curiosidades”, destaca o chefe de redação Misael Freitas.

Matérias mais lidas no portal OCP News em 2020

  1. Tigre 3D: saiba como fazer para colocar animais de verdade no seu celular
  2. Quanto tempo o coronavírus fica no corpo e como é o processo de recuperação da Covid-19
  3. Neve em Santa Catarina: saiba em quais cidades há mais chances de nevar
  4. Quanto tempo o coronavírus fica na roupa? Saiba como eliminar o COVID-19 dos tecidos
  5. PRF prende cinco envolvidos no assalto a banco em Criciúma, em Torres (RS)
  6. Coronavírus: Governador volta atrás e prorrogará período de quarentena

Um ano de desafios

O ano de 2020 também apresentou seus desafios à equipe da Rede OCP. Toda a rotina de produção precisou ser adaptada durante a pandemia, com os profissionais trabalhando de casa.

“Focamos na segurança de nossos colaboradores e nos organizamos para oferecer toda estrutura necessária para que a equipe pudesse trabalhar de casa”, destaca o diretor de marketing Max Pires.

As ferramentas digitais que já eram utilizadas pela equipe facilitaram esse momento de transição para a rotina home office, sem perder o fluxo de produção para a edição impressa do OCP e todo conteúdo online.

Fortalecimento do impresso

Além dos crescimentos na plataforma digital, o OCP se mantém presente com o jornal impresso que chega na casa de milhares de jaraguaenses e leitores da região.

Com edições diárias e cadernos especiais, o formato se mantém ativo e relevante para os anunciantes que valorizam esse formato, recebendo notícias em casa com um jornal moderno e bem produzido.

Ter uma equipe bem alinhada, destaca Misael Freitas, foi fundamental para seguir garantindo uma edição de qualidade, mesmo com toda equipe em home office.

O chefe de redação ressalta que a produção das edições é mantida pelo compromisso com os leitores e com a história do jornal, que completa 102 anos em maio de 2021.

Trajetória de crescimento

A Rede OCP vem expandindo a audiência oferecendo jornalismo hiperlocal, ou seja, informações focadas no que acontece em Jaraguá do Sul e região.

Esse modelo de atuação foi levado a Joinville e Florianópolis, com equipes próprias, e licenciado por parceiros nas cidades de Blumenau e Criciúma.

A produção de notícias segue focada nos fatos de cada uma dessas regiões, mas gradativamente a cobertura do OCP ganha território em Santa Catarina, sem perder a profundidade e a conexão com o dia a dia da população.

O presidente da Rede OCP de Comunicação reforça que o crescimento registrado é resultado de um trabalho contínuo, mantendo a qualidade do jornalismo e atenção às tendências e transformações do setor.

“Efetuamos investimentos em tecnologia e novos produtos para continuamente atender a nossa audiência já altamente diversificada em termos de sexo, idade, formação e renda”, destaca.

A produção de conteúdo multimídia, que já vinha sendo desenvolvida, ganhou corpo com a marca OCPlay. Vídeos e uma rádio digital levam informações para a audiência da Rede OCP.

Foto Matheus Wittkowski/OCP News

“A pandemia começou bem no momento em que a OCPlay estava dando seus primeiros passos, durante o primeiro lockdown, montamos um estúdio na casa de nossos repórteres para que as principais notícias fossem transmitidas ao vivo. Todos os dias, em três edições, nossa equipe informava e interagia com a audiência, tirando dúvidas e trazendo informações em primeira mão dos órgãos oficiais”, relembra Pires.

Com o lançamento da rádio em julho, os ouvintes passaram a conferir uma programação musical diferenciada e a cada meia hora, a programação abre espaço para as notícias mais importantes a nível local, estadual, nacional e mundial.

Para Pires, esse crescimento é esperado diante do trabalho realizado diariamente em todas as plataformas.

“Temos a credibilidade de uma marca centenária aliada ao comprometimento de nossa equipe. Isso, sem dúvidas, foi determinante para alcançarmos estes números”, avalia.

 

Telegram Jaraguá do Sul