A rede de "fast fashion" Forever 21 Inc. planeja entrar com pedido de falência neste domingo (15), segundo informações do Wall Street Journal.

A marca encara uma crise de liquidez que já dura meses, e depois de procurar empréstimos para evitar a falência, sem sucesso, a marca deverá usar o pedido como ferramenta legal para encerrar as atividades de algumas de suas mais de 700 lojas pelo mundo, o que ajudaria a recapitalizar os negócios.

Fundada em 1984, a Forever 21 emprega mais de 30 mil pessoas em lojas localizadas nos Estados Unidos, Europa, Ásia e América Latina. No Brasil, a marca mantém operações desde 2014.

A Forever 21 foi fundada pelo empresário sino-americano Do Won Chang, que teve a ideia de criar uma empresa de vestuário porque observou outras pessoas com "carros luxuosos" e os mesmos participavam de empresas de vestuário.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram

Facebook Messenger