Na última semana, a tecnologia 5G entrou em operação em Brasília e ainda este ano deve entrar em operação em todas as capitais. O prazo para as capitais é 29 de agosto. A pergunta que fica, no entanto, é quando que o 5G chegará ao resto do país?

Segundo um cronograma divulgado pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), a operação do 5G em cidades de mais de 500 mil habitantes - a exemplo de Joinville - deve ser em 1º de Janeiro de 2023.

Em Jaraguá do Sul, a previsão é para junho de 2024 - prazo para que as cidades com mais de 100 mil habitantes estejam ligadas no 5G.

A partir de 30 de junho de 2023, pelo menos 25% dos municípios até 30 mil habitantes do Brasil deverão receber o 5G, de acordo com as regras do leilão da Anatel - o que significa que muitas cidades menores que Jaraguá podem estar conectadas antes da cidade.

Ainda não há informações de como será feita a escolha destas cidades, mas há 16 municípios no Norte de SC nessa faixa populacional e que podem ser incluídos antes.

O cronograma da Anatel não apresenta uma data específica para cidades entre 30 mil e 100 mil.

Elas devem entrar na última etapa, a partir de 1º de 2026, caso não haja possibilidade de adiantar a implantação. Entre elas, estão: São Bento do Sul, Mafra, Canoinhas, São Francisco do Sul, Guaramirim, Rio Negrinho, Araquari e Porto União.

Veja o cronograma da Anatel:

  • A partir de 29 de agosto de 2022 - capitais
  • A partir de 1º de janeiro de 2023 - cidades com 500 mil habitantes ou mais: Joinville
  • A partir de 30 de junho de 2023 - cidades com 200 mil habitantes ou mais e, pelo menos, 25% dos municípios até 30 mil habitantes: 16 cidades aptas no Norte de SC (veja lista abaixo)
  • A partir de 30 de junho de 2024 - cidades com 100 mil habitantes ou mais e, pelo menos, 50% dos municípios até 30 mil habitantes: Jaraguá do Sul e outras 16 cidades aptas
  • A partir de 30 de junho de 2025 - pelo menos 75% dos municípios brasileiros que possuam população de até 30 mil habitantes: 16 cidades aptas no Norte de SC
  • A partir de 1º de janeiro de 2026 - nos demais municípios: São Bento do Sul, Mafra, Canoinhas, São Francisco do Sul, Guaramirim, Rio Negrinho, Araquari e Porto União.

Cidades com até 30 mil habitantes:

  • Barra Velha
  • Schroeder
  • Itaiópolis
  • Itapoá
  • Papanduva
  • Três Barras
  • Garuva
  • Massaranduba
  • Corupá
  • Campo Alegre
  • Irineópolis
  • Balneário Barra do Sul
  • Monte Castelo
  • Major Vieira
  • Bela Vista do Toldo
  • São João do Itaperiú