O bitcoin e outras criptomoedas abriram com forte queda nesta sexta-feira, 23 - e pela primeira vez desde o começo de março o bitcoin, abrindo com queda em torno de 9%, caiu abaixo de US$ 50 mil.

Segundo a Exame, um dos motivos associados à queda é a nova política tributária, com um aumento nas taxas sobre ganhos de capital nos Estados Unidos, anunciada pelo presidente Joe Biden.

A taxa proposta pelo presidente gira em torno de 43% para os americanos mais ricos e seria maior que a mais alta faixa do imposto de renda.

O novo tributo se aplicaria também em retornos de ativos como ações e criptomoedas. As principais bolsas e índices do mercado americano fecharam no vermelho na quinta-feira com o anúncio do tributo.

Outras conhecidas do mercado de criptoativos, como Ether e XRP também tiveram grandes quedas, 12% e 19%, respectivamente. As quedas geraram perda de valor de mercado de criptomoedas superior a 200 bilhões de dólares, segundo dados da CoinMarketCap.