Em conversas mantidas com empresários durante o final de semana, o ministro da economia Paulo Guedes antecipou que o programa de redução de jornada e salário, criado no ano passado como uma medida de preservação do emprego, deve ser prorrogado essa semana.

As informações são da revista Exame.

A renovação do programa era um antigo pleito de diversos setores da economia, preocupados com os efeitos da segunda onda da Covid-19.

O programa, viabilizado pela medida provisória 936, também permite a suspensão de contratos de trabalho.

O benefício deverá começar a valer novamente assim que a MP for reeditada. A expectativa é que tenha duração de quatro meses, segundo fontes próximas ao governo.