A produção física da indústria de Santa Catarina apresentou, em setembro, o primeiro crescimento mensal na comparação com o ano anterior desde o início da pandemia provocada pela Covid-19.

A conclusão é de um levantamento realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgado pelo Observatório FIESC, nesta terça (10).

O levantamento mostra que no nono mês de 2020 o parque fabril catarinense produziu 7,6% a mais que no mesmo mês em 2019.

Esta foi a quarta maior elevação entres os estados brasileiros. O crescimento médio nacional entre os dois períodos foi de 3,4%. O setor de máquinas e equipamentos foi o que apresentou maior expansão, de 37,4%, seguido de máquinas, aparelhos e materiais elétricos, com 34,7%.

Apesar da alta de setembro, no acumulado dos nove primeiros meses de 2020, em comparação com o ano anterior, a produção industrial catarinense apresenta decréscimo –9,7%.

A média nacional também é negativa (-7,2%). Na comparação com agosto de 2020, a produção catarinense cresceu 4,5% e a média nacional, 2,6%.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul