O diretor presidente do Porto de São Francisco do Sul, o jaraguaense Diego Machado Enke, esteve com a equipe em Brasília nesta terça-feira (18), em reunião no Ministério da Infraestrutura, para tratar da dragagem de aprofundamento do canal de acesso da Baía da Babitonga, que vai potencializar as operações do do Porto de São Francisco do Sul.

Na reunião, a equipe apresentou números de 2019, demonstrando o crescimento de quase 35 por cento em relação a 2018.

Segundo o diretor, os resultados são fruto de um trabalho árduo, redução de despesas, cancelamento de contratos que não eram mais interessantes para o porto e valores fora da realidade de mercado atual com uma economia de mais R$ 5 milhões para os cofres do porto.

Os recursos, segundo o diretor, serão totalmente revertidos em investimentos de infraestrutura do Porto.

Na agenda, pediu também por urgência nas obras da BR-280 e a construção de uma ferrovia no contorno da Pera Rumo, que poderia aumentar de 80 vagões de trem para 260 diários potencializando o porto em logística e rapidez nas operações.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul