A Prefeitura de Penha lança no dia 3 de junho a licitação para o início das obras do projeto que cria o Parque Linear – entras as Praias do Quilombo, Pedrinha e Armação.

Com valor inicial de R$ 5.883.370,20, a licitação marca o início da maior obra de infraestrutura turística promovida pela iniciativa pública no município.

Calçadão com ciclovia, faixa compartilhada e equipamentos de lazer coletivos (academia da saúde, playground e quiosques) estão previstos no projeto, ao longo de 2,3 quilômetros das duas praias (do início da Praia do Quilombo até a Rua Antônio Brígido de Souza, em Armação). Um total de 25 passarelas de acesso à praia também serão construídas.

“Esse é a maior injeção financeira de recursos públicos em uma única obra que promove o crescimento do turismo local – sem contar as questões de mobilidade urbana em uma área que hoje não possui qualquer tipo de estrutura para o acesso das pessoas. São investimentos estratégicos voltados à nossa veia turística”, pontua o prefeito Aquiles da Costa.

Pelo projeto, licenciado ambientalmente pelo Instituto do Meio Ambiente de Penha (IMAP), serão 3,5 metros de calçadão, 1,5 metro de área verde e outros 3 metros de uma ciclofaixa. “Sem contar os 25 acessos à praia que serão construídos em deck, levando às praias do Quilombo, Pedrinha e Armação”, reforça o prefeito.

O projeto completo abrange cinco quilômetros. Nesta primeira etapa, o Governo Municipal vai executar a obra com recursos provenientes do Plano 1.000, do Governo do Estado.

Um total de R$ 5 milhões são do Estado e os R$ 883.370,20 da Prefeitura de Penha. “Somos muito gratos ao governador Moisés, que acreditou nesse projeto, sonhou junto conosco e disponibilizou os recursos para que a gente pudesse realmente tirar ele do papel”, finaliza Aquiles.