Plataforma da Fiesc reúne municípios brasileiros e faz análise comparativa dos indicadores

Foto: Arquivo OCP

Por: Pedro Leal

10/10/2023 - 08:10

A plataforma Cidade Única reúne informações online dos 5.570 municípios brasileiros em mais de 250 indicadores sociais, demográficos e econômicos. A solução, criada pelo Instituto Euvaldo Lodi (IEL/SC), por meio do Observatório Fiesc, em parceria com o Sebrae/SC, apresenta uma análise personalizada, em que é possível comparar as localidades de qualquer estado e fornecer insights para o planejamento da gestão municipal.

Atualmente, 110 municípios catarinenses que participam do Programa Cidade Empreendedora, do Sebrae, têm acesso exclusivo aos dados da plataforma. Com acesso online, simplificado e dinâmico, é possível acompanhar o desempenho nos eixos: Demografia, Social, Infraestrutura, Orçamento Público, Economia, Setor Primário, Saúde, Educação e Potencial de Consumo.

“São disponibilizadas informações fundamentais para a organização e execução de serviços no âmbito local, extraídas em mais de 40 bases públicas, com pelo menos cinco anos de série histórica. Por isso, a ferramenta pode auxiliar na transformação em ‘cidades inteligentes’, mais planejadas, desenvolvidas e sustentáveis”, destaca o presidente em exercício da Fiesc, Gilberto Seleme.

A plataforma apresenta os principais indicadores, cruzando informações de até dez municípios do país, que podem ser compartilhados com a população, o que torna a administração pública mais transparente e acessível.

O diretor superintendente do Sebrae/SC, Carlos Henrique Ramos Fonseca, ressalta a relevância dessa ferramenta para a gestão municipal. “A gestão inteligente dos dados é uma aliada do gestor público. Com todas as informações disponibilizadas pela plataforma, o gestor pode desenhar um planejamento estratégico e constituir políticas públicas que estejam de acordo com as necessidades do seu município. Essa atualização na ferramenta aumenta ainda mais a possibilidade de análise desses dados”, comenta.

O gestor do Cidade Única e analista de dados do Observatório Fiesc, Pedro Maranhão, afirma que a plataforma está em constante atualização, com desenvolvimento de novas funcionalidades e inserção de indicadores. “O Cidade Única compara municípios com características sociais, demográficas e econômicas similares, chamados de cluster, e isso permite que a prefeitura trace metas de desenvolvimento, faça parcerias e adote estratégias semelhantes a casos de sucesso no país”, ressaltou.

Uma consulta rápida no sistema nos dá a sintese dos dados de Jaraguá do Sul:

  • IDHM – 0,80 – 8ª posição no ranking estadual e 34ª posição no ranking nacional
  • PIB (R$ milhões) – 9.984,24 – 7ª posição no ranking estadual e 121ª posição no ranking nacional
  • Eleitores – 122.232 – 10ª posição no ranking estadual e 174ª posição no ranking nacional
  • Empregos formais – 71.667 – 8ª posição no ranking estadual e 93ª posição no ranking nacional
  • População – 182.660 – 9ª posição no ranking estadual e 164ª posição no ranking nacional
  • Média salarial (R$) – 3.131,97 – 6ª posição no ranking estadual e 149ª posição no ranking nacional