A Petrobras informou nesta terça-feira (6) que encerrou a oferta pública de distribuição secundária de ações ordinárias de emissão da Petrobras Distribuidora S.A. (BR) de titularidade da Petrobras, no montante total de R$ 11,35 bilhões. Com a conclusão da operação, a Petrobras não possui mais participação no capital social da BR - e deixa de atuar no mercado de distribuição de petróleo e seus derivados.

Informações adicionais poderão ser obtidas no Anúncio de Encerramento da oferta, disponível neste link. Em tal página, acessar a seção "Oferta Pública Petrobras Distribuidora 2021" e, por fim, clicar em "Anúncio de Encerramento".

Esta operação visa à otimização do portfólio e à melhoria de alocação do capital da Petrobras e está alinhada ao seu posicionamento estratégico de sair dos negócios de distribuição e focar seus investimentos em refino de classe mundial e em ativos de produção e exploração em águas profundas e ultra profundas, onde a companhia tem demonstrado grande diferencial competitivo ao longo dos anos.

Os investidores estrangeiros ficaram com a maior parte das ações da BR Distribuidora (BRDT3) vendidas pela Petrobras (PETR3; PETR4) na oferta secundária realizada em 30 de junho.

Segundo o anúncio de encerramento da operação, os estrangeiros compraram 149,058 milhões das 436,875 milhões de ações da companhia vendidas pela estatal – o equivalente a 34% do total. A conta inclui os papéis subscritos pelo Morgan Stanley, coordenador líder da oferta, e suas afiliadas.

Como cada ação foi vendida por R$ 26, o valor pago pelos estrangeiros chegou a R$ 3,9 bilhões.