Petrobras bate recorde histórico de valor de mercado

Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

Por: Pedro Leal

19/02/2024 - 08:02 - Atualizada em: 19/02/2024 - 08:42

A Petrobras bateu nesta sexta-feira (16/02) um recorde histórico de valor de mercado, atingindo R$ 569 bilhões no fechamento da B3, a Bolsa de Valores de São Paulo. Desde outubro do ano passado, a companhia já bateu esse mesmo recorde por nove vezes (veja abaixo os valores).

“A Petrobras voltou a ter a confiança dos investidores, que percebem a importância de um trabalho que aponta para a longevidade da empresa e para uma lucratividade que decorre de um portfólio fortemente composto por projetos de petróleo e gás, sua principal área de atuação, mas também já compreende, com sabedoria e responsabilidade, outras áreas de novas energias. O que nos parece é que o mercado mais uma vez mostra que compreendeu o nosso plano estratégico e as diretrizes que o presidente Lula colocou no seu plano de governo, que também balizam a nova gestão”, disse o presidente Jean Paul Prates.

Ao longo de 2023, o valor de mercado da Petrobras cresceu mais de R$ 150 bilhões, e nos últimos 12 meses cerca de R$ 200 bilhões, fruto da retomada de investimentos e da valorização da companhia realizada no primeiro ano de gestão.

As principais medidas propiciaram esses resultados foram a nova estratégia comercial para gasolina e diesel, o aprimoramento da Política de Remuneração aos Acionistas – que também contempla o programa de recompra de ações -, os recordes de produção de óleo e gás e de processamento nas refinarias e o novo Plano Estratégico 2024-2028. Tudo isso realizado com foco na disciplina de capital e no compromisso de manter o endividamento sob controle.

Além disso, as agências de classificação de risco S&P e Fitch elevaram a nota da companhia ao longo do segundo semestre de 2023.

Confira os 9 recordes de valor de mercado da Petrobras da nova gestão (em reais):

  • 18/10/2023: R$ 525.099.082.335,28
  • 25/01/2024: R$ 525.635.407.783,16
  • 26/01/2024: R$ 536.143.005.606,80
  • 29/01/2024: R$ 542.537.233.364,28
  • 01/02/2024: R$ 552.604.748.637,48
  • 06/02/2024: R$ 552.791.214.034,66
  • 07/02/2024: R$ 559.259.866.333,56
  • 15/02/2024: R$ 560.787.589.650,82
  • 16/02/2024: R$ 568.851.911.738,94