Nos três primeiros meses de 2021 Criciúma repetiu a primeira colocação entre as cidades que mais geraram emprego na Associação dos Municípios da Região Carbonífera (Amrec) no mês de março, com saldo de 944 vagas. Entre os municípios com mais de 100 mil habitantes, a cidade avançou quatro posições no ranking estadual, ficando com a sexta colocação. Já no acumulado do ano, Criciúma aparece na primeira colocação na Amrec e em oitavo lugar em Santa Catarina, com 2.194 postos de trabalho gerados.

Os números são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). “Mais uma vez nos destacamos na geração de empregos e isso demonstra que todas as ações desenvolvidas estão dando resultado. Prorrogamos pagamentos de tributos, desburocratizamos setores e facilitamos o empreendedorismo. Tudo isso aliado, recolocou Criciúma em destaque na região e no Estado”, enfatizou o prefeito Clésio Salvaro.

Ao todo, de acordo com levantamento do Caged, Criciúma gerou 3.918 mil empregos formais e foram desligados 2.974 em março. Os destaques positivos são dos setores de serviços (535), indústria (267) e comércio (203).

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp