Em 2019, pela primeira vez em sete anos, a indústria fechou o ano com saldo positivo na geração de emprego. O dado foi revelado nos resultados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados nesta sexta-feira (24) pelo ministério da economia.

O ano fechou com um saldo de 265 postos de trabalho com carteira assinada, o terceiro setor com maior geração de empregos no ano em Jaraguá do Sul, ficando atrás do comércio, com 583, e a administração pública, com 473.

O resultado positivo do ano veio apesar do resultado negativo de dezembro, com perda de 1.040 empregos formais no setor e de 1.560 ao todo, e dentro do paradigma do melhor ano para a geração de emprego no município desde de 2010, com um total de 1.697 empregos com carteira assinada firmados no ano, encerrando 2019 com um total de 63.456 empregos formais.

Também registraram saldos positivos os setores de serviços, com 248 empregos com carteira assinada, e a construção civil, com 131 postos formalizados.

Os únicos setores com saldo negativo no ano foram extração mineral, que fechou dois postos de trabalho, e serviços industriais de utilidade pública, que fechou quatro.

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul

Facebook Messenger