Da Redação Para cumprir a meta fiscal estabelecida para este ano e para 2018, o governo federal não descarta a elevação de impostos como PIS, Cofins e Cide, incidentes sobre a gasolina e demais produtos derivados de petróleo. A notícia foi divulgada pelo Valor Econômico. Durante um evento em São Paulo, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, confirmou a informação e declarou que “sempre dissemos que iríamos aumentar imposto se fosse necessário e repito isso agora, de forma mais pertinente”. Esta semana o ministro revisou para baixo a estimativa de crescimento da economia para o último trimestre do ano, passando de 2,7% para cerca de 2%.