A Unifique (FIQE3), empresa de telecomunicações e internet sediada em Santa Catarina, precificou sua oferta inicial de ações (IPO, em inglês) a R$ 8,60 por ação, informa comunicado enviado ao mercado nesta segunda-feira (26). As informações são do Money Times.

Segundo o documento, a companhia pretende arrecadar cerca de R$ 818 milhões com o IPO. A operação, que será coordenado por XP (XP), BTG Pactual (BPAC11) e Itaú BBA, busca captar recursos novos para a empresa financiar seu crescimento orgânico, além de fazer aquisições estratégicas na região Sul do país, segundo o prospecto preliminar.

Fundada em 1997, a Unifique afirma ser a maior provedora de fibra óptica de Santa Catarina, tendo no fim de março 318 mil acessos em mais de 122 municípios no Estado e 5 no Paraná.

Fundada em 1997 sob o nome de TPA (Timbó Provedor de Acesso), a empresa começou servindo internet discada para a região de Timbó (SC). O atendimento era realizado por apenas um funcionário, chamado Fernando Busnardo, que hoje ocupa o cargo de CEO. Nos anos seguintes, a operadora foi ampliando a atuação para outras cidades de Santa Catarina e investindo em tecnologia.

A partir de 2014, após ter construído torres de atendimento de internet e a própria rede de fibra ótica, a então TPA mudou de nome para Unifique. De acordo com o prospecto da oferta, a operadora já cobre mais de 1 milhão de residências e possui mais de 18 mil quilômetros de rede de fibra óptica. Somente entre janeiro e março deste ano, a Unifique totalizou 318 mil acessos em cerca de 122 municípios de Santa Catarina e cinco municípios do Paraná.

Em abril, a empresa também adquiriu uma operação que já possuía mais de 31 mil acessos em 16 cidades do Rio Grande do Sul.