O secretário da Fazenda Paulo Eli assegurou, na sexta-feira (22), que a duplicação da BR-280, no trecho estadualizado em áreas urbanas de Guaramirim e Jaraguá do Sul, continuará com suas obras, sem previsão de serem interrompidas.

Ao participar de videoconferência com a diretoria da Associação Empresarial de Jaraguá do Sul (Acijs), Paulo Eli reafirmou que a duplicação é atualmente a maior obra de infraestrutura viária em andamento em Santa Catarina e se mantém entre as prioridades do Governo do Estado.

Mesmo diante das ações de enfrentamento à pandemia do novo coronavírus, assinalou, os recursos já estão reservados para a conclusão dos serviços.

O presidente da Acijs e do Centro Empresarial, Luis Hufenüssler Leigue, expôs a preocupação do setor produtivo com a sequência da obra que, na etapa final da duplicação de 9,5 quilômetros entre o trevo com a Rodovia do Arroz e a Ponte do Portal, inclui obras de arte e viadutos que não estavam contemplados no plano de investimentos e sequer haviam sido orçados.

Segundo Paulo Eli, o projeto foi revisto e as obras de arte incluídas, mas com novo orçamento que está sendo discutido com a empresa vencedora da licitação.

Também ressaltou que para a complementação da primeira etapa do projeto – que inclui a realocação de postes na linha de transmissão da Celesc – as verbas estão asseguradas.

A parte que agrega obras como viadutos nas proximidades da empresa Mannes e sobre a ponte do portal necessitará recursos adicionais a serem buscados em nova operação de crédito.

A linha de financiamento inicialmente prevista pelo BNDES foi suspensa em razão de decisão do governo federal direcionar recursos da instituição para auxílio nas ações de enfrentamento à Covid-19.

No encontro com a diretoria da Acijs, que contou ainda com a participação do deputado estadual Vicente Caropreso e de ex-presidentes que formam o Conselho Superior da entidade, também foram abordadas medidas tomadas pelo Governo do Estado para minimizar o impacto da pandemia na economia catarinense.

Luis Leigue reforçou pleitos do setor produtivo, especialmente em relação às questões tributárias e na busca de linhas de crédito diferenciadas para atender as empresas diante do atual cenário de dificuldades.

 

Quer mais notícias do Coronavírus COVID-19 no seu celular?

Mais notícias você encontra na área especial sobre o tema:

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul