A ideia do Governo Federal, de acabar com mais de mil municípios com menos de cinco mil habitantes, atinge diretamente os municípios de Morro Grande e Ermo que deixaram de existir, no sul de Santa Catarina.

Em entrevista à Rádio Hulha Negra, o prefeito de Morro Grande, Valdionir Rocha (PSD), destacou sua insatisfação quanto ao projeto. “O problema do país não está na quantidade de municípios, Morro Grande é uma cidade que está com todas suas contas em dia, hoje nós já temos dinheiro para pagar o 13º dos servidores públicos”, pontuou.

“Nós ficamos de certo modo preocupados, mas queremos acreditar que isso não irá acontecer, são quase 6 milhões de pessoas que ficarão desassistidas”, completou o prefeito. “São os municípios que atendem diretamente a população, ouvem suas demandas, o Governo Federal não tem contato nenhum”, completou.

Vale lembrar, que se o projeto for aprovado, passará a ser válido a partir de 2026 e dependeria de plebiscitos.