Duas cervejarias de Jaraguá do Sul, ligadas ao Núcleo Empresarial da Associação Empresarial de Jaraguá do Sul (Acijs) que congrega empresas do segmento, alcançaram destaque internacional na edição 2021 do World Beer Awards, realizado em Londres, Inglaterra.

De 14 rótulos de cervejarias de Santa Catarina que se destacaram no evento, reconhecido como um dos mais importantes do mundo cervejeiro, a Stannis conquistou seis medalhas, dentre elas duas de ouro, com os rótulos Wild Wanda e Scarlett Flanders. Já a Königs Bier faturou medalhas com três cervejas, incluindo uma de ouro com a Rauchbier, na categoria "Flavoured Smoke".

Além das marcas de Jaraguá, outras cervejarias do estado também ganharam destaque no concurso: a Lohn Bier, de Lauro Müller, reconhecida com um título de "Melhor do Mundo", na categoria "American Style Wheat Beer", com o rótulo American Wheat Wine, e, do mesmo fabricante, a Carvoeira, que na edição anterior havia sido escolhida uma das melhores do mundo; e a Al Fero Birrificio, de Nova Trento, premiada com a conquista de duas medalhas de ouro, com as cervejas Baron De Charlach - premiada com o ouro pelo segundo ano consecutivo - e com a Oatmeal Stout, prata na edição passada.

"Nossas marcas vêm ganhando medalhas em vários concursos, o que nos deixa muito felizes porque isso demonstra a qualidade do que temos aqui", assinala Rodrigo Boscaini de Freitas, líder do Núcleo das Cervejarias da Acijs.

Rodrigo lembra que o Núcleo das Cervejarias surgiu em 2018 com o propósito de contribuir para o desenvolvimento deste segmento e tornar a cidade referência de qualidade na produção da bebida.

"Um feito como esse do World Beer Awards, onde duas cervejarias de Jaraguá do Sul somaram juntas 9 medalhas de um total de 14 que vieram para o estado, nos deixa muito orgulhosos e também animados para fazer desse objetivo de fortalecer o segmento o nosso mantra".

O líder do Núcleo das Cervejarias convida a comunidade, especialmente quem aprecia a bebida, a valorizarem as marcas produzidas na cidade. Ele entende que o crescimento da atividade produtiva gera empregos, e colabora com o desenvolvimento não só das cervejarias, que podem investir mais em pesquisas e em equipamentos para cada vez mais trazer novidades para os consumidores.