Fomentar o desenvolvimento econômico local é um dos objetivos do Governo de Criciúma.

Nos últimos meses, visando gerar oportunidades e renda às famílias, a Administração Municipal autorizou investimento de mais de R$ 6,9 milhões para melhorar a infraestrutura de áreas industriais.

Somente na região Sul de Criciúma, a prefeitura trabalha para implantar um novo parque industrial com aproximadamente 23 hectares de área.

A nova área industrial será instalada no terreno onde está localizado o Centro de Tradições Gaúchas (CTG) Pedro Raymundo, na Rodovia Governador Jorge Lacerda, no bairro Verdinho, e contará com 21 lotes.

“Da área total de 38 hectares, 23 hectares serão destinados ao distrito industrial e 15 hectares serão utilizados pelo CTG”, conta o coordenador da Casa do Empreendedor da Prefeitura de Criciúma, Agenor Brunel.

“Os terrenos contarão com área mínima de 3 mil m² e área máxima de 20 mil m²”, complementa.

Os trabalhos para implantar a nova área industrial iniciaram há quatro meses e devem ser concluídos até o fim de 2020.

“O parque industrial contará com toda a infraestrutura necessária para a instalação de pequenas, médias e grandes empresas. É uma área com grande potencial de crescimento e que está localizada a um quilômetro da BR-101, facilitando os processos logísticos”, pontua o prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro.

Obras no Loteamento Industrial Ciseski

Com 15 empresas que geram faturamento anual de R$ 1 bilhão, o Loteamento Industrial Ciseski, no bairro Linha Batista, se tornou um canteiro de obras da Prefeitura de Criciúma.

Há três meses, a Secretaria Municipal de Infraestrutura, Planejamento e Mobilidade Urbana coordena os trabalhos de pavimentação asfáltica de cinco ruas da área industrial.

O investimento é de R$ 3,6 milhões.

Melhorias no Loteamento Industrial Rio Maina

Outra área contemplada com obras de infraestrutura é o Loteamento Industrial Rio Maina.

Neste mês, a Administração Municipal iniciou os serviços de pavimentação asfáltica de nove ruas do local. O investimento é de R$ 2,7 milhões.

“Os empresários geram oportunidades, fomentam a economia municipal e merecem essas melhorias”, afirma a secretária municipal de Infraestrutura, Planejamento e Mobilidade Urbana, Kátia Smielevski.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul