A Tupy, multinacional sediada em Joinville, anunciou nesta segunda-feira (18) a aquisição da MWM do Brasil. A transação é estimada em R$ 865 milhões, valor sujeito a ajustes usuais.

A MWM do Brasil é uma subsidiária totalmente detida pela Navistar International Corporation, por sua vez, subsidiária da TRATON SE, uma das líderes mundiais na fabricação de veículos comerciais.

A empresa, antes dedicada ao desenvolvimento de motores, atua hoje na fabricação de motores para terceiros, sob contratos de manufatura. Isso contempla usinagem, montagem, calibração, validação técnica e serviços de engenharia.

Ela também fabrica grupos geradores e atua no mercado de reposição de componentes. Recentemente, firmou parcerias nas áreas de gás natural, biogás e uso de biometano, atendendo necessidades do agronegócio brasileiro.

Com extensa base de clientes, alavancada pelas recém adquiridas operações em Portugal e no Brasil, a Tupy fornece componentes a todos os fabricantes de caminhões, máquinas agrícolas, de construção e motores do Ocidente. E, com essa aquisição, espera estender os serviços prestados pela MWM a todos os seus clientes.

A transação viabiliza a entrada da Tupy no setor de Energia & Descarbonização, fornecendo grupos geradores de eletricidade para o agronegócio e outras aplicações.

A aquisição marca a entrada da Tupy no setor de reposição de peças e componentes de motores no Brasil, se beneficiando da rede de mais de 600 pontos de venda e cerca de 300 oficinais credenciadas e treinadas da MWM em todo o país.

A empresa tem forte atuação na distribuição de peças à frota nacional de motores diesel e gás, atendendo igualmente seu canal de distribuição nacional de grupos geradores.

A aquisição ainda será submetida à aprovação da autoridade antitruste (contra fatores que possam prejudicar a livre concorrência) brasileira.