O Ministério da Infraestrutura garantiu, através de suas redes sociais, que governo federal vai encaminhar os recursos para conclusão dos lotes 1 e 2 da BR-470, entre Navegantes e Gaspar. São necessários R$ 258 milhões para finalizar o trecho, somados os aditivos.

“As obras de duplicação da BR-470 estão avançando e o @governodobrasil vai garantir os recursos para a conclusão dos lotes 1 e 2, de Navegantes até Gaspar. O MInfra, por meio do @dnitoficial, já liberou mais de 30 km e outros 15 km serão concluídos até o ano que vem”, diz o texto.

“A região tem alta incidência de solo mole, necessitando de intervenções para retirada do material. Para suportar o tráfego da rodovia, as pistas duplicadas contam com 17 cm de macadame, 20 cm de brita graduada simples e 13 cm de Concreto Betuminoso Usinado a Quente (CBUQ)”, completa a publicação.

Os dois lotes são alvo de uma discordância entre o DNIT e o Governo do Estado, que ofereceu R$ 200 milhões para que a duplicação fosse concluída com prioridade no trecho entre Navegantes e Gaspar – a maior parte dos R$ 350 milhões que o governador Carlos Moisés se dispôs a injetar em obras nas rodovias federais.

Na sexta-feira (6), um manifesto de 121 entidades empresariais de Santa Catarina em defesa do investimento de R$ 200 milhões do Estado nos lotes 1 e 2 da BR-470 foi entregue ao presidente. A entrega foi feita pelo consultor do Conselho de Desenvolvimento Econômico de Rio do Sul (Codensul), Cleber Stassun.

O Estado pede a conclusão do trecho ainda este ano. O DNIT quer diluir a verba por todos os lotes da BR-470, o faria a obra demorar mais.

A comissão de Infraestrutura do Senado convocou para o dia 17 de agosto uma reunião sobre o assunto.

A divulgação dos recursos ocorreu durante a passagem do presidente Jair Bolsonaro por SC, neste fim de semana.