No mês de julho a legislação que implementou o regime do Microempreendedor individual (MEI) completou 10 anos - e para comemorar a data, o Sebrae tem feito ampla divulgação nas redes sociais de cases de sucesso entre os mais de 8 milhões de MEIs no país.

"Este é um dos maiores programas de inclusão social, que beneficia muitos empreendedores no país", explica Zenilde Balsanelli, analista técnica do Sebrae em Jaraguá do Sul.

 

 

Em Jaraguá do Sul, segundo dados da FIESC, 85,5% das 4.775 empresas em operação ao final de 2017 - os dados mais atualizados - estavam na modalidade de microempreendimentos, somando 4.082 empreendedores.

A formalização de atividades econômicas como MEI, beneficia muitos empreendedores que estão atuando no mercado, e que desejam formalizar suas atividades.

Com a formalização o empreendedor pode comprar melhor, poderá acessar mais mercados, vender ou prestar serviço para outras empresas, acessar linhas de crédito específicas para o Empreendedor Individual, emitir nota fiscal, além de contribuir para a previdência social, e ter acesso aos benefícios previdenciários.

"O MEI trouxe mudanças para a economia, mudanças positivas, pois, muitos empreendedores que antes atuavam de forma informal, hoje podem formalizar, sem nenhum custo", explica.

Capacitação empreendedora

Segundo a analista, não há atividades presenciais marcadas especificamente para comemorar o aniversário da modalidade, mas a entidade conta com capacitações gratuitas exclusivas para o Empreendedor Individual.

"O Sebrae Jaraguá recebe diariamente empreendedores que querem formalizar sua atividade como MEI, e para orientar e atender esta demanda de empreendedores individuais, realizamos semanalmente a Palestra MEI NA PRÁTICA, direcionada para quem deseja se tornar um Empreendedor Individual", explica.

A Palestra tem como objetivo orientar o potencial empreendedor sobre direitos, deveres, e exigências no município. Além das orientações, o Sebrae realiza a formalização, após a participação na Palestra MEI NA PRÁTICA.

Para o presidente da Associação das Micro e Pequenas Empresas e do Empreendedor Individual e Startups do Vale do Itapocu (Apevi), Benyamin Parham Fard, a medida ajudou a regularizar situação de vários empreendedores no país, que antes da criação do regime MEI operavam na informalidade, sem acesso a direitos como previdência, incentivos e acesso a crédito.

Agenda Mei na Prática agosto

  • Palestra Mei na Prática – 12/08 – das 14:30 às 16:30
  • Palestra Mei na Prática – 12/08 – das 17:30 às 19:30
  • Palestra Mei na Prática – 12/08 – das 09:00 às 11:00

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram

Facebook Messenger