Na manhã desta quarta-feira (22), o Grupo Malwee anunciou a transferência gradual de suas atividades em sua segunda unidade, em Pomerode para a matriz em Jaraguá do Sul.

Segundo nota divulgada à imprensa, os funcionários foram oficialmente comunicados da mudança das atividades nesta quarta-feira.

A empresa não prevê demissão de nenhum dos 364 funcionários que, juntamente com as máquinas e equipamentos da instalação, serão unificados à matriz, localizada em Jaraguá do Sul.

Cabe ao funcionário optar pela transferência, ou não. A empresa não tem projeção de quando deve ser encerrado o processo.

A transferência foi anunciada junto com um plano de investimentos para o triênio 2019-2021, focado em projetos nas áreas de sustentabilidade, modernização do parque fabril dentro do conceito de indústria 4.0 e iniciativas nas frentes de tecnologia da informação, varejo e inovação.

O objetivo seria tornar a companhia ainda mais eficiente, competitiva e sustentável, segundo nota.

Dentro do plano, uma das medidas foi transferir a produção da Unidade Pomerode para a Unidade Matriz. Ainda segundo a nota, a unificação, que começa em junho, deve trazer ganhos de "agilidade, eficiência operacional, sinergia e facilidade nas tomadas de decisão".

A segunda unidade Malwee fica localizada em Pomerode e foi fundada em 15 de agosto de 1975, com setores de costura e dobração. Com o crescimento da empresa, em 1978 uma importante expansão garantiu a implementação de outros setores, com parque fabril de 12 mil metros quadrados.

A decisão foi anunciada apenas por nota oficial e os executivos da empresa não devem se pronunciar à imprensa.

 

Quer receber as notícias no WhatsApp?