Os primeiros dados levantados pela Casa do Empreendedor do Governo de Criciúma, apontam um acréscimo de quase 270 novas empresas nos dois primeiros meses de 2021, em comparação com o mesmo período de 2020, antes do início da pandemia de coronavírus.

Só em janeiro e fevereiro, foram 702 alvarás emitidos, o que representa um acréscimo de mais de 60% em relação ao ano passado. “Nosso foco sempre foi a vida das pessoas, por isso fizemos tantos investimentos em saúde. Mas desde o início da pandemia, também nos preocupamos em manter a economia pujante, com ações e benefícios que incentivam nossos empreendedores”, destacou o prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro.

Ainda conforme os números levantados, entre as 702 empresas abertas em janeiro e fevereiro, pelo menos 126 são de Microempreendedores Individuais (MEIs), 109 são microempresas e o restante empresas de pequeno e médio porte. “Nosso objetivo é facilitar e acompanhar a abertura de todas as empresas e neste cenário de pandemia, as MEIs lideram os novos CNPJs, mas é importante frizar que a maioria das grandes empresas de hoje, um dia iniciou pequena”, enfatizou o coordenador da Casa do Empreendedor, Agenor Brunel.

Casa do Empreendedor

Sediada na prefeitura de Criciúma, a Casa do Empreendedor oferece orientação, apoio e o suporte necessário para a abertura de novas empresas. Com um pouco mais de dois anos de funcionamento, disponibiliza todos os serviços relativos à fiscalização de postura, bombeiro, vigilância sanitária, Fundação do Meio Ambiente e alvarás de funcionamento, presencialmente, ou de forma online pelo endereço casadoempreendedor.criciuma.sc.gov.br/. A liberação de alvarás é feita em até três dias e a abertura de MEIs segue sendo feita gratuitamente pela equipe da Casa do Empreendedor.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp