O dono da varejista Havan, Luciano Hang, 59 anos, ganhou US$ 2,1 bilhões em um ano, de acordo com o ranking de bilionários da Forbes, divulgado nesta terça-feira (5).

Em 2021, o empresário catarinense tinha patrimônio de US$ 2,7 bilhões, valor que saltou 78% em 2022, para US$ 4,8 bilhões.

O foco da Havan, sediada em Brusque, é na venda de produtos em lojas físicas, em vez de compras online. Segundo a Forbes, a rede emprega cerca de 20 mil pessoas em 155 cidades, a maioria em cidades pequenas e médias.

Entre os brasileiros mais ricos, o empresário catarinense ocupa a décima posição. Em primeiro lugar está Jorge Paulo Lemann, dono da Ambev.

Ainda segundo a Forbes, a Havan gerou US$ 1,9 bilhão de receita em 2020.

Desde quando Hang estreou na Forbes, em 2019, seu patrimônio sofreu altos e baixos. Em 2019, ele tinha US$ 2,2 bilhões, que subiram para US$ 3,6 bilhões em 2020.

Em 2021, o valor caiu para US$ 2,7 bilhões. Já neste ano, Hang conseguiu aumentar a fortuna e superar o valor que tinha em 2020, com US$ 4,8 bilhões.