Juro Zero MEI atinge marca histórica com mais de R$ 16 milhões emprestados em dezembro

Foto: Ricardo Wolffenbüttel / Secom

Por: Pedro Leal

25/01/2024 - 15:01 - Atualizada em: 25/01/2024 - 15:59

O mês de dezembro foi recorde em contratações pelo Programa Juro Zero, destinado aos Microempreendedores Individuais de SC. Foram mais de R$ 16,4 milhões contratados, frente aos R$ 6,8 milhões registrados em novembro e 140% acima da média do ano.

O crescimento está diretamente associado à medida do Governo do Estado que permitiu aos MEIs localizados em municípios em Situação de Emergência ou estado de Calamidade Pública a solicitar a terceira operação de crédito.

“Imagina quem tá na luta pra ter seu próprio negócio. A gente sabe como é difícil conseguir alguém que aposte e banque a nossa ideia. O Estado precisar ser parceiro da população que deseja empreender”, disse o governador Jorginho Mello.

“O volume financeiro também foi recorde histórico do Programa e mostra como o socorro do Governo a esses empreendedores foi efetivo”, explicou o presidente do Badesc, Ari Rabaiolli. Ele lembra que a Agência há mais de duas décadas se coloca como parceiro estratégico das Instituições de Microcrédito, responsáveis por levar esse recurso até os microempreendedores, permitindo a eles a competitividade dos produtos e serviços.

Em dezembro, foram realizadas 3.367 operações, destas 1.766 foram de empreendedores que solicitaram a terceira operação. Os MEIs localizados em municípios com Decretos de Emergência ou Calamidade Pública, que tenham tomado duas operações pelo Programa, podem solicitar a terceira até 8 de abril de 2024, conforme determina o Decreto 320/2023, do Governo do Estado. Para solicitar o crédito, basta procurar uma das Instituições de Microcrédito participantes do Programa. Neste link é possível consultar quais são as instituições e o município de abrangência.

Programa Juro Zero

Pelo Programa, o microempreendedor pode solicitar até R$ 5 mil. O pagamento é dividido em sete parcelas iguais, a oitava correspondente aos juros é paga pelo Governo do Estado. A Agência de Fomento do Estado de Santa Catarina (Badesc) é a principal repassadora de recursos para as Instituições de Microcrédito, responsáveis por operacionalizar o Programa em todo o Estado.