Na semana passada, foi assinada a medida provisória que autoriza saques de parte da conta do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e das cotas do Fundo do Programa de Integração Social (PIS) e do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep).

A medida foi anunciada como possibilidade de dar mais liberdade para o trabalhador e injetar dinheiro na economia. Segundo o Ministério da Economia, o saque das contas deve injetar até R$ 42 bilhões na economia até o fim de 2020.

 

 

Desse total, R$ 28 bilhões do FGTS e R$ 2 bilhões do PIS/Pasep serão liberados este ano. Os R$ 12 bilhões restantes, ano que vem.

O OCP realizou uma enquete em suas redes sociais para entender como os jaraguaenses iriam utilizar o valor sacado, que pelos termos da MP ficam limitados a R$ 500 por conta.

As opções da enquete eram: quitar dívidas, fazer investimentos, usar o valor em entretenimento ou outros. A pesquisa foi respondida por cerca de 100 pessoas.

Confira o resultado

Foto Reprodução/Enquetes para Páginas

 

A maior parte dos leitores do OCP que responderam a pesquisa vai usar o valor do FGTS para quitar dívidas. Em seguida, estão aqueles que pretendem investir o que for sacado.

Na opção "Outros", algumas das respostas mais comuns foram "emplacar o carro" e "guardar para somar com o salário".

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram

Facebook Messenger