3.549 novos veículos foram adicionados à frota de Jaraguá do Sul ao longo de 2019, segundo dados do Departamento Estadual de Trânsito do Estado de Santa Catarina (Detran), levando em conta o saldo entre veículos emplacados e retirados de circulação no período.

São 122.456 veículos em circulação na virada de 2019 para 2020, contra 118.907 no final de 2018 - um aumento de 2,98% nas dimensões da frota jaraguaense, que já conta com um veículo para cada 1,45 habitante, levando em conta os 177.697 habitantes estimados pelo IBGE em julho.

A frota segue dominada por carros de passeio, responsáveis por 73.913 dos veículos em circulação no município. A categoria fechou o ano com um crescimento de 2,705%, com um saldo de 1.907 veículos novos emplacados no município.

O número representa um carro para cada 2,4 habitantes no município.

O dado está consideravelmente acima da média nacional - de um veículo para cada 4,7 habitantes - e se aproxima da relação entre população e frota registrada nos EUA: Lá, são 1,2 habitantes para cada veículo em circulação.

Outras categorias que registraram porte expressivo no ano foram motocicletas, com 152 novas motos em circulação, passando de 17.188 para 17.340 - 0,88% de aumento.

Crescimentos de categorias

Os maiores crescimentos ficam por conta de categorias com menor peso na frota, mas variação expressiva: caminhonetes, que passaram de 6.603 para 7.021 (alta de 6,33%, ou 418 veículos), camionetas, passando de 6.597 para 6.944, com crescimento de 5,25% e 347 veículos.

O grande destaque em crescimento proporcional fica com as diminutas categorias de reboques e utilitários, ambas abaixo dos três mil veículos: a primeira registrou crescimento de 9,54%, passando de 2.417 para 2.647 veículos, com saldo de 230, enquanto a última ultrapassou os 10% de alta: foram 248 novos utilitários em circulação no município, passando de 1.638 para 1.886 - uma expansão de 15,14%.

O aumento expressivo da frota vem após um período de quatro anos em que o mercado automotivo brasileiro esteve quase estagnado, levando ao fechamento de fábricas por falta da circulação de carros novos no mercado desde 2015.

Em 2019, no entanto, o setor de automóveis e autopeças registrou um aumento de 8,4% no ano, segundo pesquisa recente da Serasa.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul

Facebook Messenger