Jaraguá do Sul tem mantido um perfil forte na inovação, e na próxima segunda-feira (15), na aceleradora Spin, será dado mais um passo na manutenção desta faceta: a cidade será sede do primeiro capítulo catarinense do movimento global Legal Hackers, que trata de buscar soluções criativas para os novos desafios no ponto de encontro entre o direito e a tecnologia.

"A ideia é que seja feita uma troca de conhecimentos entre os participantes e entre outros capítulos, em busca de soluções criativas e coletivas para os novos problemas, pois as velhas soluções não se aplicam mais", explica a advogada Betânia Sulczinski Zardo, parte do grupo de seis empreendedores que formam a organização do capítulo. "Se tem uma coisa que não muda é que as coisas mudam", adiciona.

O capítulo e o movimento serão lançados oficialmente na segunda-feira, mas os seis organizadores já tem discutido e planejado ações até junho do ano que vem.

"Temos oito ações pensadas para este primeiro ano, que vão de happy hours para discutir as questões que precisam de novas soluções até congressos e seminários", comenta Zardo. A princípio, todas as ações serão gratuitas.

A primeira destas ações é o lançamento e apresentação do movimento na segunda-feira. "O momento servirá não só para apresentarmos o movimento, mas também para ouvirmos quais as demandas e necessidades com as quais podemos trabalhar", frisa.

Movimento pelo mundo

Betânia ressalta que ainda há muita confusão quanto a do que se trata o Legal Hackers. "Muita gente nos pergunta se é tipo um Hackathon, ou se tem algo a ver com hackers no sentido de invasão, mas não é uma ação pontual, é um movimento pautado na chamada ética hacker, com trabalho contínuo para resolver novos problemas", explica.

Foto Divulgação

A chamada ética hacker é um movimento filosófico que surgiu nos anos 1950 e 1960 no Instituto de Tecnologia de Massachussets (MIT), em resposta aos avanços tecnológicos. Dele surgiram movimentos como o Software Livre e Creative Commons, pregando liberdade de informação e de acesso à informação.

O Legal Hackers começou em 2011, chegando ao Brasil em 2017. São mais de 140 capítulos do movimento pelo globo, com 15 no Brasil. Em Santa Catarina, o capítulo de Jaraguá do Sul é o primeiro, e a organização já estimulou a fundação de outro em Florianópolis, em estágio inicial.

Serviço

  • O que: lançamento Legal Hackers em Jaraguá do Sul
  • Quando: segunda-feira, 15 de julho, a partir das 19h
  • Onde: Spin Aceleradora, rua João Planincheck, 1990, Jaraguá Esquerdo
  • Quanto: entrada gratuita mediante inscrição no site www.academy.spin.capital/events

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito: 

WhatsApp  

Telegram  

Facebook Messenger