Quem permanece em Jaraguá do Sul no período de festas de fim de ano e de férias percebe que a cidade está mais movimentada a cada ano. Foi-se o tempo que a cidade fica vazia, que quase não se encontravam abertos restaurantes, bares e outros estabelecimentos comerciais durante este período para atender aos moradores. De alguns anos para cá, muitos turistas têm vindo para conhecer a cidade ou mesmo para visitar parentes que residem aqui, e aproveitam para visitar os pontos turísticos do município.

É o caso de um grupo de 130 pessoas que veio durante as férias da cidade de São Vicente, no litoral de São Paulo. Ao avaliarem a visita, elogiaram muito a receptividade, a limpeza da cidade, os pontos turísticos e a gastronomia.

“Realmente eu só tenho que agradecer, eu gostei de todos os pontos turísticos da culinária, gostei da cidade, sempre muito limpa, muito receptiva. Sinceramente voltarei com muito prazer, adorei”, disse a turista Clarice Dias, de 71 anos.

“Só temos a elogiar a cidade, muito acolhedora, muito limpa e tudo muito bonito. E adorei aquela igreja [Chiesetta Alpina], achei lindíssima. Quero voltar lá outras vezes. Parque Malwee é lindo. Só gratidão”, mencionou Vera Lúcia, de 73 anos.

“Um local agradável, onde demonstra uma administração pública preocupada com o munícipe e o visitante. Pontos turísticos em ótima conservação, culinária para todos os gostos”, declarou Silvia Maria, de 54 anos.

A empresária Angela Schroeder foi uma das que recebeu o grupo em seu estabelecimento e disse que a vinda dos turistas foi uma experiência muito bacana.

“A gente recebe turistas durante o ano todo, mas, quando vêm em grupos podemos falar mais sobre a cultura, culinária, explorar mais a propriedade rural. O atendimento e cardápio todo mundo gostou também e o ambiente é que chamou muito a atenção de todos”, comentou.

Em Jaraguá do Sul, o grupo visitou a Chiesetta Alpina, o Parque Malwee e o Rio da Luz. A virada de ano foi no Park Aurora, no Rio Cerro II. Também esteve em São Bento do Sul e Campo Alegre.

Veja a galeria de fotos:

A empresária Luciana Regina Junkes, da Vivendo Turismo, foi quem elaborou o roteiro e adiantou que logo serão oferecidas novas opções para os turistas, como o roteiro para fazer à pé, chamado Walking Tour, elaborado para quem visita a cidade e aos moradores locais, que queiram conhecer um pouco mais sobre nosso centro histórico, recheado de informações.

Segundo o gerente do Hotel Mercure, Evandro Luiz Floriani, a virada de ano foi atípica, pois geralmente é de baixa procura por leitos aqui em Jaraguá do Sul.

“Principalmente, por esta retomada que a gente está esperando faz tempo. Então, para nós foi um up”, disse ele, acrescentando que a presença de turistas na cidade antecipou em algumas semanas o movimento que é esperado para o mês de janeiro. “Eles vieram nos alegrar. Esperamos que voltem e até com novas agências vendo a nossa cidade como um polo turístico e um ponto fixo para partida a outras cidades vizinhas e também ficar aqui com a gente”, finaliza.

Andressa Michele Selinger Rux e o esposo Evandro Rux 36 anos, responsáveis pelo Café Rural da Casa Rux, disseram que vale o esforço de manter o estabelecimento aberto para receber os turistas neste período.

“Desde quando a gente abriu a casa, a proposta sempre foi trabalhar com o turismo e a gente sempre lutou muito por isso, para trazer turista pra cá. Então já é um ponto positivo mostrando que todo trabalho que a gente teve não foi em vão. Foi uma experiência muito, muito gratificante mesmo”, comentou Andressa.