A plataforma do Movimento SC pela Educação, liderado pela Fiesc, registra atualmente a oferta de 625 vagas ativas de emprego ou estágio nos setores de indústria, comércio, serviços, transporte e agricultura em Santa Catarina - e com 122 vagas, Jaraguá do Sul é o município que mais gerou oportunidades, de acordo com o levantamento, que inclui ainda as regiões do Alto Vale do Itajaí, Centro Norte, Extremo Oeste, Foz do Rio Itajaí, Joinville, Meio Oeste, Oeste, Serra Catarinense, Grande Florianópolis, Sul e Vale do Itajaí.

O vice-presidente da Fiesc na região, Célio Bayer, analisa o número como uma demonstração do reaquecimento da economia, com destaque para a indústria de transformação e o potencial exportador da região.

Avalia que o primeiro quadrimestre registra a geração de cerca de 5 mil vagas, das quais mais de 2.500 no setor industrial. “Na medida em que muitos países estão retomando a normalidade gradativamente em relação à pandemia, o volume de negócios no mercado internacional faz aumentar a produção da indústria brasileira e como a região da Amvali tem o perfil exportador e com foco na inovação, há uma maior demanda e isso reflete no aumento da capacidade de produção”, sublinha Bayer.

Para o empresário, que também preside a Câmara de Desenvolvimento da Micro e Pequena Indústria, a inserção deste segmento na cadeia de negócios internacionais tende a contribuir ainda mais para um novo ciclo econômico. “Esse desempenho não nos surpreende, mas nos traz uma responsabilidade cada vez maior em relação aos cuidados para que a plena reinserção da atividade produtiva continue ocorrendo de maneira segura e buscando sempre os diferenciais competitivos da indústria na região”.

No total, são 434 vagas de emprego (em período integral ou meio período) e quase 200 vagas de oportunidades de estágio, sendo 163 agenciadas pelo IEL.

Em pouco mais de quatro meses de funcionamento, a plataforma registrou cerca de 177 mil visualizações. Além das vagas, é possível registrar o currículo profissional e acompanhar a disponibilidade de cursos de formação.

A ação está alinhada ao novo ciclo do Movimento SC pela Educação, com foco na recolocação de profissionais qualificados no mercado de trabalho, e está vinculada ao programa Travessia, que orienta a reinvenção da economia para transformar SC em referência em desenvolvimento sustentável.

A Plataforma é uma iniciativa das federações das Indústrias (Fiesc), Comércio e Serviços (Fecomércio), Agricultura (Faesc) e Transportes (Fetrancesc), com parceria da Acate, Sebrae/SC, Instituto Ayrton Senna, Centro de Inovação da Educação Brasileira, Junior Achievement, Undime/SC, Sistema Ailos e Prefeitura de Florianópolis.

Confira as vagas por região

  • Jaraguá do Sul – 122
  • Alto Vale do Itajaí – 59
  • Centro Norte – 68
  • Meio Oeste – 15
  • Extremo Oeste – 23
  • Foz do Rio Itajaí – 16
  • Joinville – 64
  • Oeste – 73
  • Serra catarinense – 14
  • Grande Florianópolis – 52
  • Sul – 49
  • Vale do Itajaí – 70
  • Total: 625

Vagas por setor econômico

  • Indústria: 353
  • Comércio/Serviços/Turismo: 269
  • Transporte e Logística: 3

Vagas por tipo

  • Emprego: 434
  • Estágio: 191, sendo 163 agenciadas pelo IEL/SC