Jaraguá do Sul recebe visita de empresários da China

Foto: Divulgação PMJS

Por: Isabelle Stringari Ribeiro

25/09/2023 - 10:09 - Atualizada em: 25/09/2023 - 17:39

Com o objetivo de atrair novos investimentos para Jaraguá do Sul, no mês de maio a administração municipal criou, por meio de lei, os Setores Especiais de Industrialização Sustentável (Seis) muma área de 13 km², próxima aos bairros Santa Luzia, Nereu Ramos e Rio Cerro II. O espaço é suficiente para a instalação de aproximadamente 600 novas indústrias.

No entanto, a sustentabilidade jaraguaense parece ter chamado a atenção de uma gigante asiática de tecnologia que analisa a possibilidade de instalar um parque fabril na maior cidade da região da Amvali.

Pelo menos foi a impressão deixada por uma comitiva de empresários da China, que esteve na última semana em Jaraguá do Sul. Por intermédio do Governo do Estado, a delegação asiática veio à cidade e foi recebida no Centro Empresarial (Cejas) pelo prefeito Jair Franzner e sua equipe de secretários, além de empreendedores locais.

Coube ao secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Inovação, Thiago Sarmanho, fazer a apresentação da cidade aos visitantes. Na palestra foi feita uma radiografia da cidade em todos os aspectos, como potencial econômico, social e turístico do município.

“A partir da pandemia de 2020, houve uma quebra na cadeia global dos suprimentos. Indústrias estão procurando trazer para perto de si seus fornecedores. Ao mesmo tempo que grandes empresas buscam estar mais próximas de seu mercado-alvo”, observou Sarmanho.

Além da questão da qualidade de vida, continua o secretário, algo que chamou a atenção dos chineses foi a diversidade da matriz econômica do município. “Jaraguá do Sul é conhecida mundialmente pela força de nossas indústrias. Aqui temos indústrias de alta performance nos mais variados segmentos, como equipamentos elétricos, metalmecânico, têxtil, alimentício, tecnológicoe até de materiais especiais. Nossa base são indústrias de alto valor agregado”, destacou Sarmanho.

O prefeito Jair Franzner também fez uma avaliação positiva do encontro com os chineses.

“Tenho impressão de que das cidades que eles visitaram aqui em Santa Catarina, a nossa foi a que mais gostaram. Acredito que temos uma chance muito grande de virem se instalar em Jaraguá do Sul”, projetou, otimista.

Segundo Franzner, os empresários asiáticos pretendem começar sua produção em solo brasileiro com a montagem de uma unidade com o tamanho entre 10 a 13 mil metros quadrados de área construída. “Pelo que conversamos, os chineses começariam alugando um espaço para depois comprar um imóvel e construírem. Em sua proposta, trarão entre 500 a 1000 novos postos de trabalho para Jaraguá do Sul e região.”

A presidente da Associação Empresarial de Jaraguá do Sul (Acijs) e do Centro Empresarial, Ana Clara Franzner Chiodini, que juntamente com o prefeito e lideranças recepcionaram os visitantes, destacou que a sinergia do setor produtivo com o poder público tem sido um fator decisivo para que o município potencialize a atratividade a investimentos.

“Atuamos em convergência porque entendemos que juntos, classe empresarial, entidades de todos os segmentos e a representação política, tornam o município e região mais fortes e há um ganho coletivo. É uma das características mais presentes da nossa comunidade, em torno de uma matriz econômica com setores tradicionais consolidados, mas com o papel de ser indutora de um desenvolvimento apoiado na inovação e na tecnologia, o que agrega ainda mais valor na busca de um crescimento com sustentabilidade”, reforça Ana Clara, ao destacar a importância de encontros com delegações de outras regiões do País e do exterior.

Qualidade de vida

Para Sarmanho o modelo de áreas para produção industrial sustentável dá a Jaraguá do Sul um diferencial no que se refere à atração de grandes investimentos para cá.

“Os próprios chineses observaram que a qualidade de vida é muito alta aqui e por consequência permite que bons profissionais fiquem aqui. Sem falar que há um esforço muito grande das empresas e do próprio Poder Público na qualificação dos profissionais que aqui estão. Com isso estamos mostrando que a cidade está preparada e tem muito interesse na atração de grandes empresas para cá”, argumentou o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico.

Notícias no celular

Whatsapp