Itajaí novamente é destaque no cenário econômico nacional. Desta vez, a boa notícia refere-se à valorização dos imóveis no município. Segundo o Índice FipeZap, que monitora os preços médios dos imóveis residenciais anunciados em 50 cidades brasileiras, o valor médio dos imóveis à venda, em Itajaí, cresceu 4,16% em 2019, o maior aumento em Santa Catarina e o terceiro maior do Brasil, atrás apenas de Vila Velha (ES), com 5,93%, e Santa Maria (RS), que registrou 4,70%.

O crescimento da cidade catarinense, inclusive, vai na contramão da tendência nacional, que não registra aumento geral no valor dos imóveis residenciais desde 2016. Diferentemente de vários municípios e capitais, a valorização de 4,16% é considerada real, tendo em vista que, de acordo com projeção para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), a inflação deve ficar em 4,13% em 2019.

A pesquisa traz ainda o comportamento recente do preço de venda de imóveis residenciais em outras seis cidades do estado. Cinco delas também apresentaram valorização: Florianópolis (3,31%), Balneário Camboriú (3,16%), Itapema (2,87%), São José (2,51%) e Blumenau (2,29%). Apenas Joinville, segundo o estudo, registrou índice negativo (-0,08%).

Quer receber as notícias no WhatsApp?