Presente em 45 países, com mais de 4.500 clientes espalhados pelo mundo e líder brasileira no empacotamento vertical. Os números conquistados pela jaraguaense Indumak surpreendem, mas não param por aí. Completando 55 anos de história nesta quarta-feira, 25, a empresa investe nas novas tecnologias para ir além. As primeiras atividades da Indumak foram em um galpão de madeira alugado, sob os comandos dos fundadores Rudolfo Kreis e Fritz Pfeiffer. A empresa começou atuando como prestadora de serviços na linha de usinagem. O olhar visionário dos empreendedores não demorou muito para identificar a demanda no setor de empacotamento semiautomático e apostar no novo mercado. Ao completar os primeiros dez anos de existência, a indústria já lançava equipamentos de automação para empacotar produtos granulados em embalagens de cinco quilos e se tornava pioneira neste segmento. Nesta época, a empresa também se mudou para a sede própria, no bairro Ilha da Figueira. Hoje, quem conta com orgulho esta trajetória é o presidente da Indumak, Célio Bayer. O empresário seguiu os caminhos da inovação, aplicando um modelo de gestão modernizado.
Presidente da empresa, Célio Bayer, e o diretor comercial, Gelson Renato Schmidt
Bayer acredita que o fator determinante para expansão da companhia foi contar com uma assistência técnica regionalizada, oferecendo agilidade na manutenção dos equipamentos e fornecimento de peças. São mais de 50 assistências técnicas autorizadas pelo mundo. A Indumak é líder no mercado brasileiro de empacotamento vertical. Em nível mundial, ela atua em 45 países diferentes, além de ter uma filial comercial nos Estados Unidos. Conforme Bayer, este desenvolvimento internacional iniciou pelos países da América do Sul, que também contam com uma forte produção agrícola. A indústria jaraguaense produz máquinas empacotadoras, que são utilizadas para embalar produtos como grãos, pós e refinados, massas, biscoitos, doces e confeitos, gelo, unitários e outros, além de enfardadeiras (atua no agrupamento de produtos) e sistemas de paletização (movimentação de produtos).

Olhar voltado para o futuro

Segundo o presidente da Indumak, são fabricadas cerca de 60 máquinas por mês. Nestes 55 anos de história, já foram entregues mais de 10 mil equipamentos mundo afora, fazendo a economia pulsar com processos automatizados e tecnológicos.
“Nós pretendemos investir em outras máquinas para complementar o mercado. Estamos atentos às novas tecnologias e à indústria 4.0, visando sempre a evolução”, aponta Bayer.
Cada máquina, como o presidente destaca, é produzida de acordo com as necessidades dos clientes. “A melhor propaganda são as embalagens dos produtos, distribuídos por tantos lugares diferentes. Elas precisam ser de qualidade e atender às demandas do mercado”, completa Bayer.
Empresa conta com 200 colaboradores diretos
Para uma produção eficaz e completa, a empresa investe na atualização dos mais de 200 colaboradores. “Eles precisam conhecer o que estão fabricando e estar por dentro das tendências do mercado”, enfatiza. A Indumak está localizada na rua José Theodoro Ribeiro, número 165, bairro Ilha da Figueira. No site www.indumak.com.br, você pode acompanhar todas as novidades da empresa e tirar suas dúvidas