O município de Guaramirim recebeu nesta quarta-feira (28) os cartões do programa SC Mais Renda, criado pelo Governo do Estado para atender a famílias que tiveram a renda afetada pela pandemia e que não receberam nenhum auxílio federal. A entrega simbólica aos beneficiários aconteceu na Prefeitura de Guaramirim com a presença do prefeito Luis Antonio Chiodini, Secretário de Estado de Desenvolvimento Social, Claudinei Marques, secretária municipal Neuci Delai e representantes da pasta.

Ao todo, até o momento, são 43 munícipes de Guaramirim aptos a receber esse benefício. Conforme o prefeito Luis Antonio Chiodini, o valor vem em um momento necessário e com certeza fará a diferença na vida dessas pessoas. “Sabemos quão difíceis têm sido esses últimos meses e o quanto nosso povo vem sofrendo. Esse benefício irá amenizar o sofrimento de muitas famílias e ajudar a colocar comida na mesa das pessoas”, afirma.

De acordo com o secretário de Estado Claudinei Marques, que fez questão de vir à Guaramirim para fazer as entregas dos primeiros cartões, o SC Mais Renda oferece auxílio às pessoas que realmente mais precisam. “Creio que esse auxílio chegou em um momento ideal, um momento em que a pandemia tem deixado muitas pessoas em situação vulnerável. Essas pessoas em especial porque não receberam nenhum tipo de auxílio, é uma auxilio que contempla quem realmente está em situação de vulnerabilidade e precisa de apoio”, completa.

O programa SC Mais Renda destina o valor de R$ 900, dividido em três parcelas mensais de R$ 300, para famílias de baixa renda e pessoas de alguns setores que perderam o emprego durante a pandemia.
A secretária municipal de Desenvolvimento Social e Habitação, Neuci Delai, explica que a equipe da secretaria irá realizar a entrega dos cartões aos demais munícipes contemplados. Neste ato simbólico, foram entregues os cartões para Paulo Sérgio da Silva, Maritza Josefina Diaz, Nilmar Solangeli Diaz Cova e Rosalba Marilyn Figuera Torres.

Tem direito a receber o auxílio, o Responsável Familiar (RF) de famílias inscritas no Cadastro Único até o dia 9 de junho de 2021, e que estão em situação de pobreza ou extrema pobreza e não receberam o benefício do Programa Bolsa Família, benefício de prestação continuada (BPC) e nem auxílio emergencial federal. Também têm direito os trabalhadores que perderam o vínculo formal de emprego entre 19 de março de 2020 e 1º de maio de 2021, em empresa de algum dos setores contemplados pelo SC Mais Renda. As informações e o formulário para acesso estão disponíveis em sc.gov.br/scmaisrenda.