O Grupo Lunelli divulgou nesta quinta-feira (25) o seu relatório de sustentabilidade 2019, detalhando as ações de sustentabilidade e preservação do grupo ao longo do ano passado, assim como os planos para este ano e o futuro próximo.

O relatório deve ser lançado anualmente, acompanhando a evolução destas iniciativas.

Considerado uma das principais ferramentas de iniciativa voluntária para relatar e prestar contas à sociedade, o documento servirá também para mostrar a evolução dos resultados, enfatizando as metas e objetivos da empresa.

Desde 2007, a empresa é certificada na norma NBR ISO 14001:2015 de Gestão Ambiental, na planta de Beneficiamentos, localizada na cidade de Corupá.

Além disso, nas diversas unidades mantidas pelo Grupo Lunelli, as operações possuem processos ecoeficientes, com foco na redução de consumo de água, energia, tratamento eficiente de efluentes e gestão de resíduos com economia circular.

“Acreditamos que o Sistema de Gestão Ambiental estruturado é necessário para estimular e contribuir com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável”, complementa o presidente.

Entre as ações compiladas no Relatório, o grupo destaca as 439 toneladas de resíduos têxteis geradas, apenas em 2019, completamente recicladas por meio da desfibragem e transformação em novos fios.

Também foram limpos 956.161 m³ de efluentes na estação de tratamento e, nos processos de fabricação, consumidos somente 1,72 kWh a cada quilo de malha produzida.

No âmbito econômico, o Grupo Lunelli garantiu, no ano passado, a distribuição de R$ 8,71 milhões entre os colaboradores a partir do PCR (Programa de Conquista de Resultados) e o Prêmio de Produção.

Além disso, criou o LunelliPrev, um plano de previdência privada próprio para ajudar os colaboradores a compreender melhor a importância de poupar e, assim, ter condições de realizar sonhos e, ainda, garantir estabilidade financeira.

Incentivo social

Já no aspecto social, o Relatório de Sustentabilidade ressalta os mais de R$ 465 mil investidos, em 2019, em projetos por lei de incentivo. Nesse período, também foram implantados 589 projetos através do PNI (Programa de Novas Ideias).

No ano passado, o Grupo Lunelli contabilizou uma produção de 11.350 toneladas de malhas e tecidos, atingindo as metas de faturamento.

Ao todo, foram fabricadas em torno de 23 milhões de peças com a companhia somando, ao fim de 2019, 4,8 mil colaboradores em unidades instaladas nos Estados de Santa Catarina, São Paulo e Ceará, além da fábrica aberta no Paraguai.

 

Quer mais notícias do Coronavírus COVID-19 no seu celular?

Mais notícias você encontra na área especial sobre o tema:

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul