O governo federal já definiu o modelo de privatização a ser tomado pelos Correios. Segundo o jornal O Globo, a proposta que o Ministério da Economia quer ver aprovada pela Câmara dos Deputados prevê que a União se desfaça de 100% do capital da empresa.

A informação foi a O Globo pelo secretário especial de Desestatização, Desinvestimento e Mercados do Ministério da Economia, Diogo Mac Cord. Segundo o secretário, o governo quer ver a proposta aprovada já na próxima semana.

O modelo difere dos planos para a Eletrobras e do que foi feito recentemente na BR Distribuidora, ex-subsidiária da Petrobras, baseados em operações no mercado de capitais.

A venda dos Correios também deve gerar mudanças na regulação do setor postal, que passaria a se tornar uma atribuição da Anatel com outro nome.