Foto Divulgação
Foto Divulgação

O Governo de Santa Catarina ampliou um dos mais abrangentes programas para o microempreendedor individual (MEI) no Estado, o Juro Zero, durante a pandemia do novo coronavírus.

O valor da linha de crédito passará de R$ 3 mil para R$ 5 mil por CNPJ. Esta medida faz parte do programa Reação SC, movimento que prevê ações de retomada após a crise.

Coordenado pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável e operacionalizado pela Agência de Fomento do Estado de Santa Catarina (Badesc), o programa já disponibilizou mais de R$ 274 milhões, ultrapassando 11 mil operações, aos microempreendedores catarinenses.

“Diante da pandemia causada pelo coronavírus, o Governo do Estado adiantou esse passo importante no apoio ao MEI. Agora, a partir do decreto 540, aumentamos em 66% o valor disponível. Esta e outras medidas vão contribuir na retomada econômica dos catarinenses, neste contexto tão desafiador para todos”, destaca o secretário Lucas Esmeraldino.

O presidente do Badesc, Eduardo Machado, afirma que fomentar o desenvolvimento de Santa Catarina é a missão da agência.

“Fomos criados por catarinenses para atender aos catarinenses e, por isso, estamos engajados em dar condições de crescimento e renda para todos os empreendedores, especialmente MEIs, que encaram com muita coragem o dia a dia do seu negócio”, comenta.

Como funciona o Programa Juro Zero

Em funcionamento desde 2011, o Programa Juro Zero surgiu com o propósito de incentivar a formalização e valorizar a atuação do MEI em Santa Catarina. Quando lançado, o Estado tinha 50 mil MEIs registrados, hoje são mais de 557 mil.

Por meio do Juro Zero, o MEI recebe recursos financeiros de até R$ 5 mil para investir no seu negócio. Podem aderir ao programa todos os profissionais residentes em Santa Catarina. O empréstimo poderá ser parcelado em até oito vezes com os juros subsidiados pelo Estado.

O empreendedor tem o direito a realizar até duas operações de crédito, que serão sujeitas à análise, por uma instituição de microcrédito habilitada pelo Badesc para esta finalidade. Há instituições disponíveis em todas as regiões.

O Juro Zero conta com a parceria do Sistema de Cooperativas de Crédito do Brasil (Sicoob) e da Associação das Organizações de Microcrédito de Santa Catarina (Amcred/SC).

 

Com informações da assessoria de imprensa

Foto Studio OCP

 

Quer mais notícias do Coronavírus COVID-19 no seu celular?

Mais notícias você encontra na área especial sobre o tema:

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul