O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quinta-feira (25) que discutiu uma proposta que será enviada ao Legislativo para a criação da figura do microempreendedor individual (MEI) para caminhoneiros.

"Hoje em dia nós temos o MEI normal, que é o faturamento de até R$ 78 mil por ano, e teremos o MEI Caminhoneiro é tudo que eles desejavam: até R$ 300 mil. Eles vão ter CNPJ, vão poder comprar pneus e peças com CNPJ que hoje eles não têm, e vão pagar 11% do salário mínimo", disse o senador Jorginho Mello (PL-SC), vice-líder do governo no Congresso.

Segundo o parlamentar, o presidente deu seu aval e o governo deve trabalhar para aprovar a proposta na próxima semana.

As informações são da Gazeta do Povo.