O Governo do Estado, por meio da diretoria de Gestão Patrimonial da Secretaria da Administração, vai leiloar 15 imóveis – entre apartamentos, salas comerciais e terrenos sem interesse para uso público – em diferentes municípios catarinenses.

Os lances serão feitos de forma online, no site do leiloeiro oficial designado – www.cesarmoresco.com.br – com início do pregão de fechamento dos bens no dia 18 de julho de 2022, às 9h. A previsão é arrecadar mais de R$ 39 milhões com as vendas.

Todos os terrenos e apartamentos estão desocupados e prontos para serem transferidos. O maior destaque entre as propriedades a serem leiloadas é o terreno que abrigava a Imprensa Oficial do Estado (Dioesc), no bairro Saco dos Limões, em Florianópolis. Os bens poderão ser vistoriados entre os dias 27 de junho de 2022 e 15 de julho de 2022 por qualquer interessado, com a vistoria devendo ser previamente agendada pelo geimo@sea.sc.gov.br, nos dias úteis do prazo previsto, ou com o leiloeiro oficial.

“O leilão é resultado de um conjunto de medidas implementadas no âmbito da Secretaria da Administração, as quais visam dar destinação adequada ao acervo disponível do Estado, evitando a depreciação e desonerando os custos com manutenção de imóveis dominicais. A lista de bens ofertados é composta de terrenos e construções impróprios à atividade administrativa, muitos deles incorporados ao patrimônio público em virtude de ações judiciais. São bens adjudicados e dados em pagamento de dívidas”, destaca o diretor de Gestão Patrimonial da SEA, Welliton Saulo da Costa.

O extrato do edital foi publicado no Diário Oficial do Estado na última sexta-feira, 24 de junho.

Conheça os imóveis que serão leiloados:

  • Dois apartamentos no Centro de Lages, localizados no Edifício Nossa Senhora Aparecida, com área privativa de 69,14 metros quadrados, cada um e avaliados em R$ 194.5 mil cada imóvel.
  • Terreno sem benfeitoria em bairro residencial em Araranguá, com área total de 514,80 metros quadrados, em rua pavimentada com lajotas, com água tratada, energia elétrica, telefonia, valor R$ 161,4 mil.
  • Terreno sem benfeitoria em São José do Cedro, com área de 1.600 metros quadrados, situado na Rua Engenheiro Francisco Passos, esquina com Rua Goiás, constituído pelos lotes nos 3 e 4 da quadra nº 17, Linha Mariflor, no valor de R$ 36,3 mil.
  • Apartamento com área privativa de 263,89 metros quadrados e duas vagas de garagem, situado em Edifício na Rua Professor Othon Gama D’Eça, Centro de Florianópolis, no valor avaliado de R$ 1,9 milhão.
  • Terreno rural sem benfeitorias, com área total de 596.7mil metros quadrados, localizado na Serrinha do Itajaí, no Município de Itaiópolis. Imóvel avaliado em R$ 611 mil.
  • Terreno urbano com área de 1.046,22 metros quadrados, situado na Rua Lourenço Dias Batista, s/n, bairro Santa Rita, Município de Lages, no valor de R$ 698 mil.
  • Terreno urbano com área de 15.620 metros quadrados, situado na Rodovia BR-101, KM 12, nº 1560, Salseiros, município de Itajaí, no valor de R$ 7,09 milhões.
  • Terreno rural com área de 500 metros quadrados, situado na Travessa Municipal de Louro, no município de Major Gercino. Valor de R$ 86 mil.
  • Terreno urbano com benfeitorias, com área total de 22.274 metros quadrados, situado na Rua Duque de Caxias, nº 261, Saco dos Limões, município de Florianópolis (antiga sede da Dioesc). Valor de R$ 23,1 milhões.
  • Terreno com benfeitoria, com área de terreno de 10 mil metros quadrados, situado na Rua Principal-Linha Gramado, município de Seara. Valor: R$ 417,1 mil.
  • Terreno urbano sem benfeitorias, com área de 50 mil metros quadrados, situado na Rua Curt Hering, bairro Rio Ferro, município de Presidente Getúlio. Valor: R$ 2,19 milhões.
  • Sala comercial com área de 455 metros quadrados, situado em ediífico na Rua do Príncipe, bairro Centro, município de Joinville. Valor de R$ 1,45 milhão.
  • Sala comercial com área de 460,6 metros quadrados, situado edifício da Rua do Príncipe, bairro Centro, município de Joinville. Valor de R$ 1,47 milhão.
  • Terreno sem benfeitorias com área de 2.,5 mil metros quadrados, situado na Estrada Geral Linha Guarani, em Concórdia. Valor: R$ 77 mil.