A Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) anunciou nesta segunda-feira (4) que firmou um acordo para comprar a Companhia Energética Chapecó (CEC), que explora a Usina Hidrelétrica Quebra-Queixo entre os municípios de Ipuaçu e São Domingos, no Oeste de Santa Catarina.

O comunicado sobre a operação foi divulgado em fato relevante pela CSN, mas não revela o valor do negócio.

Uma ata de uma reunião do conselho de administração da companhia do dia 1º de julho cita um preço-base de R$ 427,5 milhões, a ser ajustado de acordo com os termos e condições previstos no contrato de compra e venda.

A CEC foi constituída em 2000 pelos grupos Barbosa Mello (41%) e Queiroz Galvão (59%) para desenvolvimento da usina Quebra-Queixo. A hidrelétrica começou a operar em 2003 e tem uma capacidade instalada de 120 megawatts.

Com a aquisição, a CSN busca fortalecer sua estratégia de expansão, com investimentos em energia renovável e autoprodução, para maior competitividade dos seus negócios.

No comunicado divulgado ao mercado, a CSN também acrescenta que há uma projeção crescente de consumo de energia elétrica para os próximos anos "em razão de suas aquisições recentes e projetos em desenvolvimento de médio e longo prazos".

Como é praxe, a conclusão do negócio está sujeita à aprovação das autoridades regulatórias e de concorrência de mercado.