General Motors deve parar produção em São José dos Campos por 10 dias, diz sindicato

Divulgação/GM

Por: Pedro Leal

02/06/2023 - 08:06 - Atualizada em: 02/06/2023 - 08:21

A General Motors vai paralisar parte da produção da fábrica em São José dos Campos (SP) por 10 dias, medida que deve afetar cerca de 2.700 funcionários, afirmou o sindicato local nesta quinta-feira (1º).

As informações são da CNN.

A entidade, que organizou assembleia de trabalhadores nesta quinta-feira para cobrar da empresa medidas para preservação de empregos, afirmou que a parada vai ocorrer entre 12 e 23 de junho, com retorno previsto para o dia 26.

No período, a fábrica, que segundo o Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos possui cerca de 4 mil trabalhadores, vai deixar de produzir cerca de 3 mil unidades da picape S10. Além da picape, a fábrica produz o modelo utilitário Trailblazer e motores e transmissões.

No acumulado do ano até abril, a GM vendeu 9 mil picapes S10, com uma participação de mercado no segmento de 13,4%, segundo dados da associação de distribuidores de veículos Fenabrave. No mesmo período do ano passado, a montadora havia vendido 8,3 mil unidades, com fatia de 15,5% no segmento.

Segundo o sindicato, a paralisação em São José dos Campos acontece menos de dois meses depois de férias coletivas na fábrica, ocorridas entre 27 de março e 11 de abril.

Na época, os metalúrgicos da GM entraram em estado de greve contra demissões que a montadora vinha realizando na fábrica, sob o argumento de “readequar a produção”. Desde então, não houve mais cortes, afirmou a entidade.