A documentação do carro para 2020 deve ficar em dia e isso exige atenção às datas e pagamento de algumas taxas. Veja quais são elas.

Ter um carro exige cuidar do veículo e também de sua documentação e a cada ano é preciso ficar atento a pagamentos relativos a elas e aos prazos.

Um atraso pode causar uma série de problemas e não ter os documentos regularizados pode resultar até mesmo na apreensão do veículo.

Para não ter que se preocupar, vale sempre verificar no começo do ano como andam os documentos e o que precisa ser feito, pois assim faz seu planejamento e anda tranquilamente com o carro.

Documentação do carro para 2020

Para que seu veículo fique com a documentação do carro para 2020 em dia, veja quais são os documentos mais importantes e entenda um pouco sobre eles.

Certificado de Registro do Veículo (CRV)

Esse é um documento que possui as informações do carro e não possui validade.

Ele é utilizado quando é preciso vender o carro, sendo que a transferência do proprietário é feito com base nele. Por conta disso, deve ser guardado em local seguro.

Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV)

É um documento emitido anualmente pelo Detran que comprova que o carro possui condições de circular pelas ruas.

Ele é emitido após uma vistoria do Detran e deve estar sempre em posso do motorista para provar a situação regular do veículo.

A data limite para o licenciamento anual depende do final da placa e os prazos podem ser consultados no Detran regional.

Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA)

Esse imposto é cobrado anualmente e serve para manter as conservação das vias. A data de pagamento também varia conforme a placa do carro e estado que está aplicando a cobrança.

O valor varia de um veículo para outro e pode ter descontos para pagamentos à vista e em outras situações.

Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre (DPVAT)

Esse é um seguro obrigatório que indeniza as vítimas de trânsito e que também deve ser pago anualmente.

Dependendo do estado, ele pode ser cobrado junto ao IPVA ou separadamente.

Nesse segundo caso será preciso acessar o site da Seguradora Líder, que administra o benefício, para imprimir o boleto.

Documentação em atraso gera diversos transtornos

É muito importante se atentar a todos esses documentos citados, pois, como já dissemos, quando algum deles está irregular ou em atraso pode trazer problemas.

Veja o que pode acontecer se estiver com o documento do veículo atrasado:

  • O IPVA atrasado impede que seja conseguido o CRLV e, consequentemente, o motorista pode ter que pagar multa e ter o carro apreendido;
  • Sem o pagamento do DPVAT também não é possível fazer o licenciamento;
  • O motorista que não pagar o DPVAT fica impedido de receber a indenização desse seguro em caso de acidente;
  • Algumas seguradoras não permitem que a cotação do seguro auto seja feita se o documento estiver em situação irregular;
  • Sem o CRV não conseguirá fazer a venda do seu carro.

Para evitar esses problemas, não receber pontos na sua carteira de motorista e não ter prejuízos com multas, mantenha a documentação do carro para 2020 em dia e ande tranquilo pelas ruas.

Por Jeniffer Elaina, do SeguroAuto.org